MENU

16 de abril de 2012 - 13:36Automobilismo, Vídeos

Decolou

A Dallara desenvolveu um carro com diversos recursos de segurança para evitar decolagens na Indy, potencialmente fatais nos ovais. Pois ontem em Long Beach Marco Andretti provou que, quando se é bração, dá pra sair voando.

O replay do acidente aparece aos 2min50s do vídeo. Ele nem teve tanta culpa assim, mas não podia perder a oportunidade de chamá-lo de braço duro.

Perigoso.

Comentários do Facebook

comentários

27 comentários

  1. iron disse:

    Até na NASCAR tem decolagem, porque na Indy nao deveria ter?

  2. Gustavo Oliveira disse:

    Bom, deixando a parte tecnica de lado, é preciso se dizer uma coisa: Enquanto a Indy tiver pilotos americanos de “ponta” como Mini Rahal e Little Andretti, vai continuar comendo muita poeira até da Truck Series da Nascar! Dois carinhas que oscilam entre o irrelevante e o desastroso com bastante frequencia e nem chegam perto de Power, Franchitti e Dixon.

  3. Allan disse:

    Decolagens SEMPRE vão acontecer com esses bólidos – seja IRL, F-1, GP2, e qualquer outro que tenha fundo plano, baixo peso, muita aderência mecânica, etc. Acho que nem com estudo aprofundado especificamente para este fim evitaria a decolagem em velocidade. Nem mesmo a adoção de para-lamas ou algo que o valha – vide Le Mans com 911 GT1, Mercedes CLS, etc. O que se tem que fazer é melhorar a segurança, com proteção para a cabeça do piloto e menores consequências quando o carro aterrissar.

  4. Alexandre Lourenço disse:

    Caraca vc não tira a F-1 da cabeça , lendo o seu cometário sobre Indy deve ser uma miragem só pode !!!

  5. Lucas Rodrigo disse:

    Já que o assunto aqui é decolagem, o que dizer do Mark Weeber, que dessa vez conseguiu decolar sem precisar tocar em ninguém: http://globoesporte.globo.com/formula-1/videos/t/provas/v/webber-sai-da-pista-e-quase-voa-durante-o-gp-da-china/1904578/

    Se fosse um piloto da Mercedes que tivesse feito isso, seria o fim dos segredos da parte de baixo do carro!

  6. luis alfredo disse:

    bom o q percebi é q ele decolou por ter tocado na roda dianteira q nao tem a mesma proteçao da traseira, assim a dalara deveria pensar em um jeito de tb dar uma carenada na dianteira pra q nao ocorra isso pq em oval vai ser bem possivel acontecer uma decolada dessas com toques entre as rodas dianteiras e em oval a velocidade nao é pequena como em circuitos de rua

  7. Mauricio disse:

    Ele tentou colocar a marcha por várias vezes até estourar a caixa.
    Foi nítido que na primeira tentativa ele errou o tempo e estava com os giros muito altos, ou seja uma tremenda navalhada.
    Ele saiu chutado da junção e tentou a primeira vez ainda diante das arquibancadas.
    Já chegou na altura das tribunas na terceira tentativa e a caixa começou a vazar. Parou no final da reta debaixo de uma vaia geral.
    Treino de sexta feira a tarde.

  8. Mauricio disse:

    Não me surpreende.

    O Mario Andretti também não era lá muito sutil.

    Lembro até hoje que ele literalmente detonou uma caixa de marchas de uma Lotus durante os treinos de um GP do Brasil, não me lembro ano, foi no começo dos anos 80… Acho.

    Lembro das cinco vezes que ele passou com o pé embaixo pela reta dos boxes e errava a troca de marchas da 5 para a 6 todas as vezes. A arquibancada foi ao delírio quando ele voltou para os boxes com a caixa rugindo e trincando. Xingou pouco… rsrsrsrsrsrs

    • Mauricio disse:

      Continuo não lembrando o ano, mas foi o último GP em São Paulo antes dele ser transferido para o Rio. Fim dos anos 70.

    • Capelli disse:

      Se foi na corrida de 79, ele estava com problemas mesmo. Houve até um princípio de incêndio no carro pouco antes da largada. O carro não aguentou e quebrou logo com poucas voltas, com problema de motor/câmbio.

  9. Renan disse:

    Sinceramente? Com ou sem proteção, batendo em velocidade o carro vai decola…
    A proteção é para evitar acidentes no qual as rodas se encostam.
    Procurem no YouTube Christian Fittipaldi Monza.
    É para prevenir este tipo de acidente, não o do Marco.
    Para prevenir o do marco, o carro teria que ter um parachoque na frente…rs

  10. Danilo Cândido disse:

    Prezado Capelli: em sua coluna “Tempos de delicadeza” (ui !), você diz que o Maldonado é colombiano…sei que talvez a saudade do Montoya seja grande, mas o pilot da Williams é da terra de Hugo Chávez.
    Um abraço.

  11. Sanzio disse:

    O Marco merece um troféu por ter conseguido tal façanha!

  12. Eu acho que o Marco Andretti teve algum problema com os freios.
    Enquanto o Graham Rahal já freiava, o Andrettinho passou direto.
    Ele ainda tentou sair de trás do Graham Rahal.
    Não foi um toque para que o bumper evitasse o que aconteceu.
    Foi uma pancada mais forte do que o projeto deve aguentar.

  13. Eu acho que o Marco Andretti teve algum problema com os freios.
    Enquanto o Graham Rahal já freiava, o Andrettinho passou direto.
    Ele ainda tentou sair de trás do Graham Rahal.
    Aí não tem bumper que aguente.

  14. R.CASAGRANDE disse:

    Pois é, mas o Andretti não é lá grande coisa, não. Eu pessoalmente não o vejo como um cara talentoso, ele só está lá por causa do sobrenome.

  15. Mauricio disse:

    E o Barrica que tanto reclamou dos totós mostrou, aos 3:59, que também dá os seus.
    Se fosse o modelo do ano passado, sem proteção nas rodas traseiras, o pneu do carro da frente já teria ido para o espaço.
    Como diz o ditado, “no dos outros é refresco…”

  16. Adriano Reis disse:

    Pois é, pensei a mesma coisa… a proteção não funciona…

  17. Marluws Costa disse:

    E não estava rápido.

  18. Eduardo disse:

    Engraçado o replay no fim…

    O Barrichello que tanto reclamou de toques aqui e ali não escapou de dar os seus.
    Reclamação mais que desnecessária.

  19. Deni Williams disse:

    Tinham que aumentar esse para choques para que as rodas não encostassem mais. Em oval vai dar merda de novo.

  20. Bruno Americano disse:

    Pois é. Falaram tanto do tal bumper do DW12, que foi desenhado justamente para que em caso de colisão desse jeito o carro não decolasse… Por fim, ficou pior que antes.

    O bumper até fez o seu serviço, que foi o de quebrar a suspensão do carro do Andretti, mas aí o carro já tinha saído do chão. Pior é quando o assoalho do carro do carro do Andretti pega na roda do carro a frente, aí sim ele alça voo. Interessante é que a parte do assoalho que foi catapultada primeiro é uma porção nova que fica próximo à suspensão dianteira, que serviria para evitar dos carros engancharem em toques laterais.
    Não gostei nada de ver isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>