MENU

22 de março de 2012 - 13:48Análises, Automobilismo

Nuvens negras

A situação não é tão feia como a chiliquenta imprensa italiana tenta passar, mas também não é tão tranquila quanto os comunicados oficiais tentam garantir. Mas Felipe Massa está, sim, sob muita pressão na Ferrari. A troca de seu chassi para o GP da Malásia, se por um lado dá margem para acreditar em uma espécie de teste final (se andar tão mal novamente, o problema está no piloto), também pode significar uma crença da equipe de que ele não seria capaz de uma corrida tão ruim quanto a da Austrália não fosse um problema grave.

Felipe nunca andou bem no Albert Park, é bom que se diga, e a Ferrari sabe disso. E não é desculpa esfarrapada, acontece mesmo. Até Ayrton Senna, genial por quase todo o tempo, dava uma amarelada em Paul Ricard. Nelson Piquet, outro grande, não andava bem em Spa-Francorchamps. E eu, com todo o meu talento inato, sempre me ferro em Cingapura jogando F1 2010. Acontece com quase todo mundo e o circuito da Austrália é o calcanhar de aquiles de Massa. Em dez corridas lá, fez apenas um pódio e nunca conseguiu largar melhor do que na quarta posição. E bateu em quatro delas. Se pudesse, Felipe daria um “skip race” lá, tenho certeza. Mas não pode.

Brincadeiras à parte, o certo é que um mau desempenho do brasileiro já era esperado na Austrália. Tomou uma luneta de Fernando Alonso, ficou chato, mas agora é partir para outra na Malásia. Porém… seu histórico em Sepang é tão ruim quando no Albert Park. Apesar de duas poles em 2007 e 2008, Felipe nunca conseguiu nem pódio por lá. Precisará superar um retrospecto ruim na pista, um retrospecto ruim recente, a força da natureza (a previsão é de chuva, condição que não lhe é muito favorável), um companheiro de equipe que é fenomenal e um carro que é uma porcaria. É muita superação para um único piloto, principalmente em crise. A chance de sucesso é pequena, ao meu ver. As nuvens negras não cobrem apenas Kuala Lumpur, parece haver uma exclusiva sobre o motorhome da Ferrari. Se quiser abafar a histeria italiana, Felipe precisará ser tão bom quanto em seu auge, entre 2007 e 2008. Conseguirá?

Infelizmente, acho que não. Mas também não acredito numa demissão iminente – embora não duvide. A Ferrari já fez isso antes com Ivan Capelli, há 20 anos, mas era outro mundo. Até a década de 90 era normal as equipes trocarem de pilotos como quem troca de aba no navegador, hoje a realidade atual é bem diferente. Há muitos contratos de patrocínio envolvidos, muitas amarras por todos os lados. Porém, sempre há a possibilidade de uma cláusula de performance embutida no contrato. Se ela existe, ninguém sabe.

Tomara que não.

Comentários do Facebook

comentários

26 comentários

  1. Felipe Luz CWB disse:

    Mas pelo jeito se for dispensado já teria o que fazer. A Shell fez uma ação em que o Massa se fez de frentista. Taí, o rapaz pode largar o volante e virar frentista e trazer o papá pra galera da casa! Fato é que a zica em cima do Zaca está braba, o carro é uma draga e contar com a sorte pode dar certo algumas vezes.

  2. Lucas disse:

    Tem outra coisa também: hoje em dia, piloto que estréia ou troca de equipe depois da temporada já ter começado quase sempre se dá mal. Como ninguém mais pode testar, chegar pra correr sem nunca ter testado um carro antes é suicídio. Basta lembrar o desastre que foi o Fisichella na Ferrari – tudo bem que o carro era ruim, mas nada que justifique o fato dele ter conseguido resultados piores que os que conseguiu no mesmo ano pela Force India (!!!), ou ter ido pior que o Massa (piloto que ele tinha batido com facilidade quando foram companheiros na Sauber).

  3. Rodrigo Felix disse:

    Moçada, num sei… nao compartilho da opinião q a molada afetou tanto assim.. Inclusive em 2010 ele começou bem o campeonato, tendo ido inclusive ao pódio, 3º (corrigindo o post, Capelli). Acredito q desde aquele passão do Alonso na entrada dos boxes na China em 2010 ele viu q nao dava mesmo. Mas nao foi injusta a posição da Ferrari na Alemanha naquele ano, pois Alonso estava na frente no campeonato e até meu cachorro sabe que por conta do que está na traseira da Ferrari, quem manda lá eh o Alonso, que, doa a quem doer (Globo e Galvão), sempre foi infinitamente melhor q Massa.

  4. R.CASAGRANDE disse:

    Uma demissão após o GP da Malásia não vai acontecer, mas depois da China, é provável. Para começar a temporada européia, a Ferrari precisa de um piloto melhor. Dentre seus problemas, um dos maiores está na peça entre o banco e o volante do carro nº 6. Lamentável, hein? O #6 era o número do carro do Räikkönen, e olha no que tá virado hoje. Falando nisso, se a Ferrari tivesse mantido o Kimi em 2010, muitos dos problemas teriam sido evitados -se bem que o massa é (era) um segundo piloto perfeito para a equipe. Ah, eu também sempre tenho dificuldade em Cingapura no F1 2010, mas a do Bahrein é um tédio maior ainda…

    • Murilo disse:

      Tirar o Massa e colocar quem? Um piloto novato, sem experiençia? Ou o Marc gene ou Fisichella?
      Será mesmo que o resultado será diferente?
      Porque o carro ruim vai ser o mesmo. A mesma F2012 problematica.
      Eu acho que antes de tirar o Massa tem que demitir o Pat Fry, Nikolas Tombazis e toda essa turma que projetou e construiu essa merda de carro.

      • R.CASAGRANDE disse:

        Tem o Pérez, ou Adrian Sutil, como substitutos mais prováveis. Mas o Fisichella não seria má ideia. Talvez o Jules Bianchi, porque ele iria querer mostrar serviço. Sei lá, tem vários: Ralf Schumacher, Jos Verstappen, Jacques Villeneuve… Situações ruins pedem ações extremas, então qualquer um que fosse, seria de bom tamanho.

  5. Claudio Bento disse:

    Capelli, acho que a molada na cabeça naturalmente afetou a capacidade do Massa de acelerar. Talvez tenha ficado uma seqüela, senão física, ao menos psicológica, que é potencializada pela comparação com o Alonso. E aí, não tem jeito… acho que não terá cockpit para ele na F1 ano que vem.
    abraços!

  6. Alemão disse:

    Capelli,
    Os carros da Ferrari na Australia eram iguais? E agora o carro do Massa será melhor do que o do Alonso.
    Ou os carros eram diferentes e agora serão mais parecidos?

    A Ferrari daria ao Massa um carro melhor do que o do Alonso?

    Grande abraço!

    • Lucas R disse:

      Os chassis eram iguais na Austrália. Na Malásia o Massa está com um chassi diferente, mas isso não significa que ele seja melhor.

      O piloto brasileiro na verdade está de “cobaia” testando um chassi novo que, se der certo, será adotado para o carro do Alonso. Ele mesmo disse à imprensa nesse fim de semana que o carro na Austrália estava se comportando de uma maneira totalmente diferente que nos testes pré-temporada. Nos testes o carro era “um” e na Austrália “parecia outro carro”.

  7. cleber disse:

    Todos citam Ivan Capelli demitido da Ferrari,mas isso já havia ocorrido também com René Arnoux em 1985.Na epoca alegaram falta de condição fisica.

  8. Mariana disse:

    Sei não, a Ferrari parece que tá a fim de arranjar uma cabeça pra rolar. Se resolver que a do Massa é uma boa, acho que não tem contrato que vá salvá-lo. Está aí o Raikkonen, como alguém já lembrou.

  9. Petrus Portilho disse:

    Capelli, olha só.

    Eu também sofria em Cingapura no F1 2010, corrinda de noite é complicado, mas olha só, eu uso sempre a camera no bico do carro, cambio manual, controle de tração full e ABS, porém no set up o carro fica bem baixo frontal 3 e traseira com 3, asa dianteira e traseira iguais com pressão alta 5 iguais, o resto tudo padrão do jogo, agora o segredo é o freio, disco pequeno com pressão alta, tenta lá, olha, pra acertar a pista eu treinei um sabado a tarde inteiro, foram 89 voltas, uma hora tinha que acertar ora pá!!! ABraço

  10. Fabio disse:

    A Ferrari como um todo levou uma luneta na Austrália (sem alguns abandonos, como o de Schumacher e Grosjean, talvez Alonso não salvasse nem um 5º lugar), e a histérica imprensa italiana entrou em pânico com a possibilidade de mais um ano de vexames. Na Ferrari, certamente já deram a primeira ronda asiática como perdida, e técnicos, engenheiros e o que mais for devem estar debruçados sobre projetos de peças e melhorias aerodinâmicas. O túnel de vento deve estar ligado 24 por 7 na tentativa de descobrir porque o carro nasceu tão torto. Se os pilotos já sofreram com um carro ruim de reta nas curtas retas de Albert Park, imagina o que esperar nas grandes retas de Sepang e Shangai…

    Tudo isso dá um pouco de fôlego para o Massa. Se a imprensa italiana já o elegeu como bode expiatório, a Ferrari sabe que não fez bem a lição de casa, que o carro é tão ruim quanto é feio. Se Massa, nas próximas corridas, voltar a tomar “só” 3 décimos do Alonso, deve garantir o emprego até o fim do ano. Se repetir exibições tão patéticas quanto a da Austrália, e o espanhol continuar a tirar leite de pedra (e com isso enfiando 1 segundo no brasileiro), aí chapa vai esquentar rapidamente.

    De qualquer forma, parece certo que outro piloto alinhará na Ferrari em 2013.

  11. Heitor Montes disse:

    E pra sacanear ainda mais com o Massa, tiraram uma das pistas preferidas dele do calendário, Istambul.
    Acho que, continuando assim, ele dura até o fim da temporada, mas não renova. Mas acho positiva uma mudança de ares pra ele e pra Ferrari.

  12. lubbi disse:

    Fala Capelli, acho que hj em dia é bem provavel a demissao do massa no meio do contrato, a ferrari expulsou o kimi recentemente, é só a ferrari pagar as multas contratuais( menores que a do kimi) e tchau.

    abs

  13. Thiago Silveira disse:

    É, a coisa está feia pro Massa…acho que piloto pra andar rápido tem que ter uma mola a menos na cabeça mesmo…

  14. Marcelonso disse:

    É Capelli, tá feia a coisa pro Felipe. Nem a cueca da sorte funciona mais…

    abs

  15. Georgy Diniz disse:

    E a história de que o Rubens é preferido para uma substituição?
    Os italianos (e brasileiros) podem fazer coro para que isso ocorra? (embora a Ferrari não seja maluca a esse ponto…)

  16. Tomara que sim. Por mais estranho que pareça, seria bom para o Felipe. Na Ferrari, já deu. E seria bacana de ver, também. Outro na Ferrari e Massa, em outra equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>