MENU

9 de fevereiro de 2012 - 12:27Análises, Automobilismo, Novos carros

Evolução da espécie

A McLaren hoje foi taxativa: seu bico para 2012 será este mesmo que estamos vendo nos testes, sem degraus, sem ornitorrinco, sem boto rosa. A explicação de Paddy Lowe soa até um pouco óbvia: há alguns anos o conceito de trabalho da equipe se baseia num carro com a frente mais baixa. E como já era assim nos últimos anos, não foram necessárias muitas mudanças para se adequar ao regulamento. O carro novo, harmônico, é apenas uma evolução da espécie McLaren. E como a maioria dos outros times possuía projetos de carros com perfil mais alto e não quiseram mudar sua concepção, acabaram adaptando aquele degrau ali. Em resumo, o ornitorrinco surgiu na Fórmula 1 como deve ter surgido na natureza: uma grande e desconjuntada gambiarra.

Com isso, fiquei pensando em como será a Mercedes, que só apresentará seu novo carro nos próximos testes, daqui a duas semanas. Originalmente, desde os tempos de Brawn GP, a equipe trabalha com carros com a frente mais baixa, tal qual a McLaren. O que me faz acreditar que ela deva ser a segunda equipe a apresentar carro novo com um desenho mais clássico. Será?

Para referência, olha a Mercedes W02 de 2011 aí. Bico baixo.

Comentários do Facebook

comentários

25 comentários

  1. Alex R. disse:

    Oi Capelli!
    Você se lembra onde conseguiu essa foto da McLaren? Queria ela alta resolução pra imprimir grande. Obrigado!

  2. Laysson disse:

    Tinha visto essa imagem comparativa na semana passada, acredito. Uma sobreposição de imagens entre os carros de 2011 (acredito que nos primeiros testes do ano) e o esboço do bico no regulamento atual. Não sei se a proporção está correta (me parece que sim), mas dá pra ter uma ideia e entender o lado de Woking:
    http://img687.imageshack.us/img687/7175/f1noses.jpg
    Pela imagem, a Mercedes parece que vai ter o tal degrau também, apesar de ser a menor diferença entre as 3 grandes que se valeram dessa gambiarra.

  3. João Carlos Bifulco disse:

    Tenho o palpite que o raposão “Mister Ross” segurou a apresentação do novo carro para saber os resultados obtidos pelas equipes que aplicaram a “meia-sola” do famigerado degrau.
    Ainda é prematuro considerar como válidos os bons tempos obtidos pela Mercedes, todavia, como dizia aquele velho ditado espanhol: eu não creio em bruxas, mas que elas existem….

  4. Renato F1 disse:

    Capelli, disse tudo: Evolução da espécie!

    Como não é possível avaliar a velocidade dos carros nestes primeiros testes, pelo menos em beleza a McLaren foi a única, até então, a evoluir!!!

  5. Daniel Dias disse:

    Capelli, adoro seu blog… mas também discordo de que o bico da Mercedes é baixo (e o de 2010 era ainda mais alto)… então acho que eles vem de ornitorrinco também…

    Nas fotos abaixo dá pra ver que tá muito mais pra Ferrari do que pra Mclaren…

    Mercedes 2011: http://www.f1-site.com/wallpapers/2011/f1/presentation/mercedes/mercedes-mgp-w02-f1-wallpaper-2011-18.jpg

    Mclaren 2011: http://3.bp.blogspot.com/_Yjpc_eruYBo/TUvr3Ew-0uI/AAAAAAAAKKg/rItY9ayBlMU/s1600/2231_MP4-26_Side.jpg

    Ferrari 2011: http://www.f1-site.com/wallpapers/2011/f1/presentation/ferrari/ferrari-f150-f1-wallpaper-2011-13.jpg

    • Dox disse:

      Na região do eixo dianteiro, a Mercedes 2011 é tão alta quanto o resto do grid, enquanto que a McLaren já era mais baixa. Pelo que entendi, as equipes optaram por esta solução bizarra para aproveitar o chassi de 2011, só alterando o bico.

    • Lucas R disse:

      Nessas imagens dá para perceber nitidamente.

      Na McLaren, vista de lado, é possível enxergar a face interna do pneu oposto tanto por cima quanto por baixo do nariz do carro. Já na Mercedes só é possível enxergar o pneu do lado oposto olhando-se por baixo.

      A Mercedes é mais alta que a McLaren, logo deve adotar o degrau. Pela natureza do design do bico de 2011, é bem provável que a equipe adote uma solução parecida com a da Lotus, com uma forma em “V” que deixa o degrau menos aparente.

  6. Pedro disse:

    eu concordo com o Capelli que a mercedes não deve ter o degrau no bico. Mas na minha opinião o carro da brawn e principalmente o carro da mercedes de 2010 tinham um bico muito mais pra baixo do que o carro de 2011… mas mesmo assim isso mostra que a concepção de um bico mais baixo esta lá!

  7. oz disse:

    Essa Mercedes tem bico baixo? Vc tá zoando? Só pode…

  8. Bruno Americano disse:

    A Brawn só tinha o bico baixo em 2009 por conta do difusor double decker.
    Era imprescindível pro carro ter o bico baixo para limitar a entrada de ar no assoalho, fazendo assim com que o aparato na traseira fizesse sentido.
    Em 2010 o W01 já veio com bico alto justamente para compensar o banimento do difisuor.

  9. Lincon Sousa disse:

    tomara… pelo menos veremos dois belos carros (o prata da mercedes é foda ou não?!?)…

  10. Gabriel Souza disse:

    Ainda bem que voltou a escrever. Seus posts estavam fazendo falta.

    Putz, tomara que a Mercedes não adote essa coisa horrorosa de degrau.
    A McLaren ficou linda assim. Vamos ver.

    Abraço!

  11. Marcio K disse:

    E vale lembrar que o carro da Brawn, que hoje é a Mercedes, tinha um bico baixíssimo.

    • Harerton Dourado disse:

      Sim, mas o carro da Mercedes tem o bico alto como as RBR e demais equipes, então, aposto que teremos outro bico.

      [ ]‘s

      Bem vndo de volta, Capelli!

  12. Jean Rul disse:

    A solução da Hispania ficou jóia também! Ficou elegante, mesmo com o chassis alto.

    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>