MENU

16 de maio de 2010 - 23:07Análises, Box

Rapidinhas: GP de Mônaco

- Como esperado, o GP de Mônaco se decidiu na primeira curva. Salvo raras exceções, há alguns anos já é assim. Mark Webber saltou na frente, Sebastian Vettel ultrapassou Robert Kubica, Felipe Massa se manteve em quarto e assim foi até o final da corrida.

- Procissão sonolenta que teve alguns momentos de (falsa) emoção com as várias entradas do Safety Car. A cada acidente, todo o pelotão se juntava outra vez para recomeçar o desfile mais de pertinho. No total, foram quatro intervenções.

- Na primeira volta, Nico Hulkenberg errou ao tentar contornar o túnel por fora. Pegou sujeira, perdeu o controle do carro e foi parar nos guard-rails. A segunda entrada foi causada pela outra Williams, de Rubens Barrichello, que teve a suspensão traseira quebrada e também bateu. Mais adiante, fiscais identificaram uma tampa de bueiro aberta e a corrida precisou ser interrompida novamente. E a última entrada, nas voltas finais, foi causada por um patético acidente entre Jarno Trulli e Karun Chandhok na La Rascasse.

- Na prática, apenas a primeira e a última entrada definiram alguma coisa na corrida. A da primeira volta serviu para que Fernando Alonso parasse nos boxes e trocasse de pneus logo no começo, cumprindo cedo a norma de pit stop obrigatório (ridícula, por sinal) e tendo oportunidade de ganhar posições quando os demais tivessem que parar. Para quem saía da última posição, foi um grande negócio.

Só o Safety Car andou na frente das Red Bull hoje (Foto: AP Photo/David Vincent)

Só o Safety Car andou na frente das Red Bull hoje
(Foto: AP Photo/David Vincent)

- E, no último Safety Car, Michael Schumacher aproveitou para mais uma tradicional Schumacada, ultrapassando Fernando Alonso assim que o carro-madrinha voltou para os boxes, no final da última volta. Nessa circunstância não é permitido ultrapassar, e o alemão perdeu os pontos que conquistaria ao ser punido por comissários. Bem feito.

- Alonso se deu bem, os oito pontos conquistados saíram melhor que a encomenda. O espanhol manteve-se a três pontos dos líderes do campeonato, Webber e Vettel. Antes o líder era Button, mas o importante para ele é que a diferença permaneceu a mesma.

- O grande problema para o espanhol e os demais adversários, porém, é o fato da Red Bull finalmente ter assumido a ponta do campeonato, e com seus dois pilotos. É o melhor carro da temporada e a tendência agora é que disparem na frente.

- Pior para Jenson Button, que certamente continuaria na liderança do campeonato não fosse o abandono logo no começo da corrida. Pior, por um motivo prosaico. Um mecânico esqueceu de tirar a cobertura do seu duto de ar e seu motor superaqueceu. #MegaFail para a McLaren.

- Em apenas oito dias, Mark Webber saltou de oitavo para a liderança do campeonato. Marcou duas pole positions e ganhou duas corridas de ponta a ponta. Soube, como ninguém, aproveitar o sonolento início de temporada europeia, marcada por GPs nos quais é muito difícil ultrapassar. A fase é ótima e o australiano desponta como favorito ao título.

- Daqui a duas semanas, corrida na Turquia. É o melhor dos “Tilkódromos”, mas a Red Bull tem tudo para seguir dominando. E uma terceira vitória seguida poder ser o golpe fatal no ânimo de Sebastian Vettel. Ao que tudo indica, é o único piloto capaz de parar Webber. Mas, dada sua juventude, parece não estar assimilando bem o rápido crescimento do companheiro de equipe. É a hora de Vettel reagir.

- Dificilmente outra equipe terá, em pouco tempo, oportunidade de fazer frente à Red Bull. A esperança de Alonso, Massa, Button e Hamilton reside nos infortúnios do time austríaco. Mas eles estão cada vez mais escassos.

- Ainda é cedo, mas já dá para arriscar. Se nenhuma reviravolta acontecer, Adrian Newey voltará, depois de dez anos, a ser o projetista de um carro campeão.

- Já ia encerrar o post, mas lembrei que estava cometendo uma imensa injustiça ao não citar Robert Kubica. Que corridaça do polonês, terceiro colocado, cada vez melhor com a Renault. Já é o meu favorito para ganhar no Canadá.

RESULTADO GP DE MÔNACO 2010*


* Michael Schumacher foi punido em 20s e caiu para a 12ª posição

Comentários do Facebook

comentários

57 comentários

  1. rodriguera disse:

    vc q eh o homem das estatisticas da F1 perdeu essa hein!…: http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/18450/

    []s

  2. Leonardo borges disse:

    o regulamento é confuso e ferrou com shumi , mas logico que ele tbm tem culpa , o weber ta fazendo o mesmo que o button ano passado aproveitando o bom carro e ganhando tudo que pode , mas se ele bobear no meio do ano, que nem o button ano passado vettel não é o barrica é novato mas não é otario>>

  3. Flávio disse:

    O erro começou nas regras! Se é proibida a ultrapassagem pq dizer que o safety car tem que ir pros boxes… Na Indy ele não vai e não tem problema nenhum!

    O outro erro foi dos comissários. Pq deram bandeira verde se na última volta o safety car entra nos boxes e é proibido ultrapassar…

    Terceiro erro da Mercedes que fala par ao Alemão que vai relargar e pode ultrapassar!

    Perceba na camera on board que Alonso contorna a curva de qualquer jeito enquanto Schumacher faz o traçado certinha para sair embalado e aí qd o Alonso ve o cara passando e a luz verde piscando… acelera e com pneus frios e cerca de 18 voltas mais gastos derrapa como se estivesse na neve e perde a posição!

  4. negreiros disse:

    O massa passou sim na faixa amarela, mas o proibido e passar na faixa “branca” dos boxes, a amarela e mais maleavel, pois só existe em monaco, para os pilotos manterem o traçado ate a subida…

  5. RUBRNS FILHO disse:

    O bom da FORMULA 1; é que ela é basea na: “TRADIÇÃO*”, e Monaco é o melhor exemplo desta TRADIÇÃO*;para os organizadores isso não é monotono.
    ou os comentaristas esqueceram disso?
    *TRADIÇÃO = Dinheiro.

  6. Dornel disse:

    E ae cara, quanto tempo!
    Tenho acompanhado teu blog, muito bom!
    Detalhe: Não é de hoje que os motores Renault são bons nos circuitos fechados #Top3Renault
    Abraço!

  7. Richard disse:

    Como ficaria a classificação do campeonato neste momento, aplicando o mesmo sistema de pontos do ano passado?

  8. Fabio disse:

    Bem feito para Schumacher? Não volto mais para esse blog que vai de mal a pior…mas uma viuva para chorar !

  9. Rafael Macedo de Souza disse:

    No contorno da curva, nota-se que o Alonso da uma escapada de traseira e com isso perde a tração do carro. Caso o Schumacher frease para não passar o Alonso não causaria um acidente múltiplo?
    Acho que deveria ter ocorrido apenas uma inversão de posições, ou caso não tenha isso no regulamento, deixar como acabou.
    Só mais uma coisa, por que a direção da prova não acabou a corrida com o Safety Car na pista? Não houve falta de bom senso?

    • fidalgo disse:

      para não estragar as fotografias

    • Jonas Martins disse:

      Acho que o Schumacher não deveria ser punido… Mas a escapadinha do Alonso foi mais por causa dele ter que fazer a curva por fora do que por qualquer outra coisa… Se o Schumacher não tivesse do lado dele não iria ter destracionado…

    • Fabio de Deus disse:

      Acidente múltiplo?? Numa curva que os carros fazem a 50 km/h? Com os freios que os F1 tem? Daria para todos pararem e ficarem esperando sem problema algum, como se estivessem tds num semáforo…

  10. Capelli, bem feito para o Schumacher??

    Tive certo espanto com sua opinião, apesar de muito respeitá-la.

    Havia sinalização comunicando o reinício da competição. Foi uma manobra linda, mas vejo que punida indevidamente.

    Questão de opinião, mas acho que isso coibe a essência do esporte.

    Broxante.

    • Capelli disse:

      Pelo regulamento, esse reinício não existe na última volta. Tudo bem, Schumacher tentou, mas não podia. Se eu sabia que não podia, duvido que ele também não soubesse. Mais uma vez, foi no limite do regulamento. E, bem feito, dançou.

      • Fabio disse:

        Dançou mesmo, perdeu todos seus recordes né? Seus 7 titulos mundiais…

        isso aí viuva, torça para o Barrichello que esse sim sabe o que faz !

        • Roberto Taborda disse:

          É impressionante como o pessoal da padaria não pode ver nada que possa ser contra o Schumi… foi manobra invalida, foi punido e pronto! Nesses casos, pega-se o Regulamento e le-se… Antes de classificar os outros..

        • Zé Colmeia disse:

          AHHH !! o Schumi corria sozinho dentro de um caça f-16, e so demais pilotos de fusquinha. o único a incomodá-lo foi o Barrica, mas agora tem muita gente boa, e o super campeão, ta dançando legal, para ficar nos post, ou na midia, tem que trapacear muito!! obrigado schumi, nos gostamos muitio de ver vc sobrar!! bandeira azul nele!!

  11. Marcelo Brum disse:

    Perguntar não ofende…

    Será que o Rubens Barrichello não mereceria uma punição da FIA por ter jogado o seu volante em meio a pista, correndo o risco de causar mais um acidente?

  12. Roberto Magno disse:

    Piloto criado com Vó so dá nisso. O Alonso ficou irritado porque queria que DI Grassi saisse da frente. Isso é corrida, e Di Grassi estava defendendo sua posição. So se passase por cima. E parabens ao Rubens boa largada de novo de oitavo para sexto, uma pena a quebra da suspensão.

  13. Leandro disse:

    A regra do safety car não diz que só pode ultrapassar após a linha de chegada, caso fosse, Alonso seria punido tambem pois passou Chandhock antes da chegada na primeira relargada. Não sei se a mudança foi só para este ano, mas há uma “linha de safety car”, que fica próxima à entrada dos boxes! A partir dali, está valendo e pode sim ultrapassar.

    A questão da legalidade da manobra está na questão: A corrida terminou sob safety car?

    Se sim, a manobra é ilegal, se não, a manobra foi legal!

    Agora, se verificarmos, todos receberam o aviso de que o Safety car entraria ao fim daquela volta, ou seja, a corrida não estaria mais sob bandeira amarela. Mas não é só isso! Após a entrada do safety car, os bandeirinhas agitavam suas cores verdes e a luz da pista estava verde. Verde = tá valendo!

    Caso a corrida terminasse sob bandeira amarela, com safety car, mesmo este não estando na pista para ficar “bonito da foto”, as bandeiras e o aviso de SC deveriam permanecer.

    Fica aí uma imagem da linha: http://img39.imageshack.us/img39/5921/stream0tssnapshot024247.jpg
    e o vídeo onboeard do Schumacher: http://www.youtube.com/watch?v=7ch-Nj_LvBE&feature=related

    []´s

  14. marceloa32 disse:

    "schumacada" ficou legal, rs… RT @ivancapelli: Antes tarde do que nunca: pitacos monegascos no infame blog. http://bit.ly/d4L22X

  15. Jonatas disse:

    O Hamilton fez uma ultrapassagem sobre uma RBR no GP da China na última curva assim que o Safety-Car saiu, portanto antes de cruzar a linha de chegada, e portanto com Safety Car… Lá eu não entendi pq não puniram o Hamilton… A situação do Schumacher com o Alonso foi identica ontem…

    Ai que eu não entendo: Existe algo específico no regulamento que não permite isso para uma última volta, ou usaram dois pesos e duas medidas???

    A manobra do Hamilton sobre uma RBR na China foi identica a manobra que o Schumacher realizou ontem, só mudaram as pistas, as condições climáticas e o nome da curva… Existem alíneas, parágrafos e outros pormenores (é junto ou separado? Perdoem, não sei) que impedem que isso seja feito na última volta?

    Regulamento confuso ou comissários incompetentes…?

    • Guilherme disse:

      Existe uma regra que define o final da corrida com safety car (SC) nesta regra de número 40.13 informa que na última volta da corrida que estiver sobe regime de SC o mesmo irá entrar no pitlane para que a bandeira quadriculada seja dada ao vencedor, mas fica proibida a ultrapassagem nesse instante. Essa regra foi feita pois existe uma outra que permite a ultrapassagem após a linha do safety car e o mesmo tenha recolhido ao pitlane(essa linha fica antes da entrada dos boxes)portanto existe uma regra para a corrida e outra para a ultima volta.

    • pc disse:

      Simples, facil, lá não tinha Damon Hill,em Monaco o fiscal era ele Mister HILL odeia o alemão.

  16. Blog do @IvanCapelli "Só o Safety Car andou na frente das Red Bull" http://tinyurl.com/2g3h5tx >> http://yoono.com/mcsbhCH

  17. Felipe Hulken disse:

    Realmente, Mark Webber está pilotando muito e isso deve ser reconhecido ( e temido ) pelos demais pilotos. Pode-se não gostar do australiano ( perguntem a Antonio Pizzonia o que ele acha de Webber..), mas creio que Sebastian Vettel está sentindo o golpe e se não der o troco logo em Istambul a coisa vai ficar complicada para o jovem alemão em termos de título. Acho que McLaren e Ferrari ainda tem condições de brigar com a Red Bull, mesmo com a limitação de testes, pois possuem bons carros e pilotos tão bons quanto os do time austríaco.

  18. Realista disse:

    Bem feito por dizer que o Schumacher não devia ter ultrapassado o Alonso? Por favor… reclamas o post inteiro que a corrida não foi emocionante e que foi uma procissão e no único lance de talento, uma ultrapassagem LIMPA, dizes que foi sujeira.

    Sujeira é o que a Ferrari faz, ganhando tudo no tapetão.

    A FIA quer ultrapassagens e disputa de posição e tem uma atitude dessas. Ilógico no mínimo e partidário, sujo fundamentalmente.

    A bandeira verde foi mostrada, as ultrapassagens estavam liberadas. Que os comissários não tivessem usado essa bandeira. O máximo que se deveria fazer com o alemão era devolvê-lo à sétima posição.

    • Capelli disse:

      Se fosse limpa, não haveria punição. Não podia ultrapassar ali, todo mundo sabia.

    • Roberto Magno disse:

      O Shumi (mais uma ves Dick Vigarista) sabia que quando o Carro madrinha sai, as ultrapassagens é apos a linha de largada ou seja: deu uma de bobo.

      • Davi disse:

        Não é que só pode ultrapassar depois da linha de chegada, o problema é que não pode passar na última volta… se fosse qualquer outra volta valeria!

        • Roberto Magno disse:

          correto DAVI, porque como era a ultima volta, e o carro madrinha mesmo que entrasse no box, nao dava para ultrapassar, so apos a linha de largada ou seja: não dava tempo, a corrida tinha acabado. Agora se o carro madrinha entrasse no box na anti-penultima volta, ai dava tempo, pois, apos a linha de largada, tinha a ultima volta para ultrapassar.

        • Roberto Magno disse:

          CORRIGINDO DAVI, esta interpretação que fica nas entrelinhas do regulamento da F1, é valida, pois generalizando, acreditavamos que a linha era a de largada/chegada, como inclusive os locutores de TV passam para o publico, no BLOG do GOMES, ele tambem pensava que era a linha de chegada/largada. a referida linha fica proxima a entrada dos box
          Obrigado mais uma vez.
          abraços.

  19. ELF_TL72 disse:

    Capelli, não parei para analisar, mas parece que nesse ano não tem uma grande distância entre companheiros de equipe. Lógico que uns estão melhores que os outros, mas nada muito discrepante. O que chama a atenção é o caso Kubica X Petrov. Dois extremos. Qual a explicação? É o Kubica que é muito bom ou o Petrov que é muito ruim?

    • Klauss Tofanetto disse:

      Elf,

      A impressão que dá é que o Kubica que é muito bom. Duvido que a Renault tenha melhorado tanto assim do ano passado pra cá.

      Opinião minha, acho até que ele merecia uma McLaren mais que Hamilton ou Button. Se for braço mesmo o caso dele, o que acho que é, seria o que o campeonato precisava pra ficar embolado até o fim.

      • robson disse:

        Mas na BMW Sauber ele foi muito bem em 2008. Em 2007 e 2009 não foi tão bem assim, perdendo para o subestimado Nick Heidfeld.

        Já não acredito em gênios na F1. Schumacher, gênio das duas últimas décadas, vem perdendo pro Rosberg. Massa, “limitado”, sempre foi competitivo contra Kimi e Alonso. Button, outro “limitado”, vem na frente do Lewis. E Webber, o terceiro “limitado”, vem na frente do gênio da próxima década, Vettel.

        Todos, no fim, são bons pilotos, que dependem mais do carro do que do braço deles mesmos.

        Parafraseando nossos especialistas do ludopédio tupiniquim (“técnico não ganha jogo, mas pode fazer o time perder”): piloto não ganha sozinho um gp, mas pode fazer uma burrada e perder a corrida sozinho.

  20. Klauss Tofanetto disse:

    Pois bem, é justo sobre a manobra do Schumacher que eu queria perguntar…

    Não tinha uma época que só era permitido ultrapassar só depois que passassem a linha de chegada? Ou eu que estou misturando alhos com bugalhos e isso é coisa da Indy?

    Porque a impressão que dá é que a Mercedes e o Schumacher resolveram dar uma de “joão-sem-braço”. Fora que do jeito como o Alonso saiu de traseira, ainda dava pra ter dado uma merda das grandes… Enfim, não tenho opinião a respeito enquanto eu não tiver a resposta que procuro!

    • Jonas Martins disse:

      Aparentemente a manobra do Schumacher seria legal se não fosse a última volta. No blog do Flavio Gomes tá tudo explicadinho, com os artigos das regras que se encaixam na situação.

    • Roberto Magno disse:

      quando o carro madrinha entra no box, as ultrapassagens so vale a partir da linha de largada/chegada, tanto é que o piloto em 1º lugar freia e acelera quando quizer anates da linha.

      • Julio Oliveira disse:

        Caro Roberto

        Na verdade não é na linha de chegada/largada. è uma linha chamada ‘safety car line’. Em Monaco essa linha está colocada logo após a entrada dos boxes. Se não fosse a última volta a ultrapassagem seria legal.
        Ocorre que a regra diz que a entrada do safety car na última volta é só simbólica, para que os carros cruzem a linha de chegada sem o safety car a frente.

        • Roberto Magno disse:

          Obrigado Julio, esta interpretação que fica nas entrelinhas do regulamento da F1, é valida, pois generalizando, acreditavamos que a linha era a de largada/chegada, como inclusive os locutores de TV passam para o publico, no BLOG do GOMES, ele tambem pensava que era a linha de chegada/largada.
          Obrigado mais uma vez.
          abraços.

  21. [...] This post was mentioned on Twitter by Capelli, Leonardo Pimenta. Leonardo Pimenta said: Rapidinhas: GP de Mônaco http://bit.ly/cA4uWc #F1 [...]

  22. Lucas disse:

    Schumacher é bom d +++++

  23. Massa e Kubica cruzaram a linha amarela ao sair dos boxes em seus pit stops. E aí, FIA? Cadê a punição? Em outros tempos, nem o pobre Ralf Schumacher escapava dela, de tanto que ele passava em cima da linha… FIA #MegaFail

  24. Capelli disse:

    Antes tarde do que nunca: pitacos monegascos no infame blog. http://bit.ly/d4L22X

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>