MENU

10 de setembro de 2009 - 17:34Análises, Vídeos

A conta que não fecha

Foto: Andrew Ferraro/LAT Photographic/Divulgação Renault

Foto: Andrew Ferraro/LAT Photographic/Divulgação Renault

Quando a gente acha que já viu de tudo na Fórmula 1, sempre aparece algo surpreendente. E quando a gente acha que o fundo do poço chegou, ele apresenta-se como apenas um fundo falso, pronto para levar todo mundo mais para baixo ainda.

A Fórmula 1 não é um ambiente insípido, inodoro e incolor. Ninguém por lá é santo e todo mundo sabe disso. Sejam jogos políticos, jogos de equipe, espionagem, conspirações ou trapaças visando burlar o regulamento, nada disso é novidade. O caráter de Flavio Briatore também já é bastante conhecido. E mesmo para alguém como Briatore, a ação de orientar Nelsinho Piquet que batesse de propósito no GP de Cingapura já parecia surreal. E, de fato, aconteceu.

Mas mais surpreendente que isso foi o fato de Nelsinho ter aceitado fazer sua parte no complô. E, ainda mais impressionante, o fato de ter revelado tudo isso, sem pudor, em uma declaração por escrito feita à Federação Internacional de Automobilismo, divulgada hoje. O entendimento geral é que a delação foi feita por um sentimento de vingança, por ter sido demitido da Renault por Briatore. Mas será que foi só isso mesmo?

Demissão é algo comum na Fórmula 1. Felipe Massa, hoje um dos expoentes da categoria, foi expurgado da Sauber e soube dar a volta por cima, retornando à mesma equipe um ano depois. Ser demitido é motivo para sair contando às autoridades todos os podres do mundo da Fórmula 1? Com certeza não é. Por isso ainda acho que há uma parte não revelada em toda essa história. Quais são os reais motivos que fizeram o piloto brasileiro abrir a boca?

Nelsinho sofreu na Renault? Sofreu. Tinha o mesmo carro que Alonso? Na maioria das vezes, não. Foi maltratado e se sentiu inferiorizado no seio da equipe? Sim. Mas até aí, não é nada diferente do que outros vários pilotos passaram na categoria. Para ficar nos brasileiros: Luciano Burti na Jaguar, Antonio Pizzonia na mesma Jaguar, Rubens Barrichello na Ferrari.

Rubens, principalmente, passou por maus bocados nas mãos de Jean Todt e Ross Brawn na Ferrari. E, por mais que durante todo aquele tempo tenha intercalado o jogo do contente com o papel de vítima diante das câmeras, até hoje preserva um envergonhado silêncio com relação a tudo que viveu. Ainda que de vez em quando ameace contar tudo em um suposto livro, recua e não o faz porque sabe que, de forma consciente, fez parte daquilo. Foi orientado, aceitou, fez e calou-se. Homem feito, formado e livre, nunca foi obrigado a nada e fez porque quis. Como fez Nelsinho Piquet.

O filho do tricampeão cometeu suicídio moral. E como todo mundo aprende no convívio social desde o primário, ninguém gosta de dedo-duro. Isso vale para crianças de sete anos e para adultos de 60. Nelsinho nunca mais será visto com os mesmos olhos no paddock. Será apontado como alcaguete, mau perdedor, influenciável. O mundo da Fórmula 1 tratará de expurgá-lo.

Nelsinho ainda não se pronunciou publicamente sobre o caso, mas não acredito que apareça com a justificativa da consciência pesada. Não acho que seja um canastrão que vá encarnar um Roberto Jefferson, demonstrando-se enojado com a podridão da Fórmula 1 e tendo decidido tornar-se um paladino a serviço da verdade. Até porque, para isso, deveria sentir a consciência pesar também em função dos motores mais potentes que teria recebido da Renault na temporada 2006 da GP2, uma história de falcatrua tão corrente no paddock quanto era o acidente de Cingapura e que é encarada como folclore de bastidor. Como era encarada a armação de Briatore, até há quinze dias.

Nelsinho agiu como um homem-bomba. Detonou a Renault, Briatore, mas também se autodestruiu. O preço a ser pago por esta atitude é muito alto e por isso fica a sensação de conta que não fecha. Ter sido demitido, ameaçado ou xingado por Briatore ainda parece muito pouco para alguém colocar a própria cabeça a prêmio desta forma, apenas para levar seu ex-empresário junto para o buraco. Alguma coisa muito séria aconteceu, existem motivos graves para que os Piquet desejem tanto ver Flavio Briatore destruído, a ponto de, para isso, se autodestruírem.

Quais são os verdadeiros motivos? Nem desconfio. Mas vingança por uma demissão não cola. Mais elementos devem aparecer nessa história que, se não for abafada rapidamente, ainda pode destruir muita gente. Pode ser só a ponta de iceberg.

Comentários do Facebook

comentários

125 comentários

  1. [...] post A conta que não fecha, do Ivan Capelli, há um comentário assinado por Gil de Ferran a mencionar uma rodada com [...]

  2. [...] A conta que não fecha | Blog do Capelli – Automobilismo, Fórmula 1, charges e pa…Quando a gente acha que já viu de tudo na Fórmula 1, sempre aparece algo surpreendente. E quando a gente acha que o fundo do poço chegou, ele apresenta-se como apenas um fundo falso, pronto para levar todo mundo mais para baixo ainda. [...]

  3. Eduardo disse:

    Fatos:
    1- Nelsão passou a ir as corridas depois da batida.
    2- Todos (pilotos principalmente) no circo já sabiam da armação. Basta ver o comportamento do Massa pós corrida.
    3- Só quem poderia abrir a boca (e provar a armação) era alguém de dentro.

    Concluo que:
    Nelsão soube que o filho JÁ ESTAVA QUEIMADO (só nós de fora não tinhamos certeza) e passou a ir aos GPs para ver o tamanho da M.
    Max Mosley “cantou” Nelsão para “aniquilar” o cara que “aniquilou” o filho. Por motivos óbvios.
    Nada a perder: Topou.
    EXPLODIU.

    Nelsão botou o Alonso na minha de tiro para pegar o apoio do Bernie.
    No final, Nelsinho deixou a midia e nós mortais cientes do que houve. Não acho que houve dano maior (do que já havia) a imagem.
    Nelsinho ganhou um aliado forte: Max Mosley
    Agora só falta o acordão/pizza para livrar Renault e atender aos anseios do tio Bernie.

    Acho que o resultado final é:
    - Briatore defenestrado.
    - Renault vai se livrar (ainda vai terminar contra Briatore). Tudo ok pro tio Bernie.
    - Piquetzinho numa equipe de terceira (mesmo que só em 2011)
    - Max Mosley Feliz da vida.

  4. Augusto Lage disse:

    Caros amigos, ERRAR É HUMANO, PENITENCIAR-SE É DIVINO. O Rubens veio a público e reconheceu seu erro, prestando solidariedade ao Nelson Jr. Receba meu sincero respeito Rubens, agora vc merece. Realmente estava muito decepcionado com sua declaração anterior. As últimas declarações e depoimentos, tanto dos envolvidos quanto dos entendidos, vem corroborando com a tese do Capelli. Pat Symonds atolou-se todo durante seu depoimento à FIA. Ficou claro que teve culpa no cartório. O Briatore passou a atacar a moral dos Piquet, sinal claro que o ataque moral é a sua arma de defesa. Arma essa usada sempre por alguém que não tem razão, pois não se apóia em fatos, mas em suposições.
    Capelli, eu já passei por muitas oportunidades de escolha nesta vida. Graças à Deus, consegui manter a cabeça erguida. Já pedi para sair duas vezes para não ter que engolhir sapos. Mas as condições de emprego burocrático ou intelectual, são diferentes. Nós enquanto capacitados intelectualmente e com habilidades específicas e técnicas comprovadas, arranjamos emprego fácil em outras empresas. Nas duas vezes empreguei-me no dia seguinte da primeira vez e no mês seguinte da segunda e a demora deveu-se mais à burocracia do processo de admissão.
    Mas num mundo onde só existem 10 empregadores, onde as somas envolvidas são muito altas, onde vc tem que em média a cada 15 dias mostrar sua competitividade… é mais difícil agir éticamente do que falar. Não fosse assim, Prost um piloto reconhecidamente fora de série 5 vezes campeão, Ayrton, Schummy, Alonso, Barrichello e tantos outros não fariam o que fizeram. Para dar um exemplo tupiniquim, a Stock car até dois anos atrás mais parecia um derby de demolição, tantas eram as batidas.
    Vamos supor que o NPJr tivesse se recusado a bater em Cingapura, restaria a ele não correr naquele GP. A imprensa iria cair matando para saber porque. E aí, Capelli? Olha as tais escolhas aí novamente. Contar a verdade seria um tiro no pé, pois como diz o Eclestone, quem iria contratá-lo depois? Calar-se seria admitir sua falta de performance e quem contrataria um piloto que abandona o time no dia da corrida? O que você faria? Eu reconheço que não gostaria de estar na pele do NPJr para ter que escolher entre denunciar um complô ou encerrar minha carreira, meus sonhos, minha vida, mnha felicidade. Porque a gente só é feliz quando faz o que gosta. Ele não poderia nem ser freelancer, pois não existe freelancer na F-1. Transformar-se num consultor? Nem pensar, piloto só é feliz pilotando.
    De qualquer forma os regulamentos da FIA deveriam ser mais objetivos e determinantes quanto às penalidades por burla e atitudes antiesportivas. As penalidades severas a ponto de coibir estes abusos, mas a FIA nunca puniu ninguém. Se existe um culpado é ela FIA.
    Penso com sinceridade que talvez o esporte saia ganhando se os regulamentos forem alterados nesse sentido e, aí, o Nelson Piquet passe de vilão à herói por ter tido a coragem de delatar tais falcatruas.
    Grande abraço.
    Lage

  5. Junhior disse:

    Das opiniões acima percebem-se três culpados: Briatore, Nelsinho e Barrichello. Barrichello???? Isso mesmo…….. as viuvas de Senna nunca se conformarão. Se a página de comentários permanecer aberta mais um pouquinho, vão tirar o nelsinho do assunto e a culpa vai ser só do Briatore e do Barrichello.Ridiculo!

  6. walter disse:

    Gostei da reflexão: vem mais coisa por aí.
    Acho que, numa competição (não é um concurso qualquer: é competição!), que envolve a morte dos competidores (os caras morrem!), com milhões de dólares na mesa: Tem alguém aí que achava que o jogo era honesto?
    Nada a favor do trambique, mas ficar ruborizado com essa pataquada é de rir.
    O jogo NÃO é honesto e o erro de Piquet foi dar com alíngua nos dentes.

  7. Edmilson Fidelis disse:

    Será que Nelson Pai sabia da jogada a priori?
    Se sabia, continua tudo com está.
    Se não sabia, o que parece ser, e ficou sabendo depois, tanto que passou a acompanhar o filho mais de perto, talvez para melhor orienta-lo.
    Como viu mais de perto o que seu filho estava passando, tomou as dores para si, bigou com Briatore e como não houve resultado chutou o balde.

  8. Caique Pereira disse:

    Capelli,

    Embora nunca tenha postado um comentário em seu blog, o leio sempre, assim como no do FG, Panda,Saloma e Mestre Joca. Esta é a primeira vez que envio um comentário, apenas para lhe dizer que Você fez a melhor análise desta situação, principalmente porque não se posicionou a favor ou defendeu o Nelson Angelo, apenas fez sua observação com a qual concordo integralmente. Só para apoiar que houve algo de grave, além do que apareceu, a FIA colocou como gerente deste imbroglio nada menos que Herbie Blash, antigo companheiro e amigo do Nelson Pai na Brabham…

  9. An∂ré disse:

    “André, todo mundo é livre para não aceitar determinadas condições ou engolir determinados sapos. Vai do caráter e da formação de cada um.” (Capelli)

    É verdade, e é justamente por isso que acho prematuro vir fazer juízo de valores sobre o caso do Piquet antes da verdade vir à tona, como você fez neste post.

  10. Marco Toyota disse:

    Pessoal, parece que tem GP nesse fim de semana…

  11. Martim disse:

    para mim o piquet errou, o barrichello errou.Manda quem pode obedece quem precisa. E`assim que funciona e sempre vai funcionar

    Quem tem que ser penalisado e a cúpula esportiva da renault e o briatore. a empresa renault não deveria ser excluida do campeonato como já alardearam pois não pertence ao symonds nem ao briatore que tiveram atitudes ridiculas . Aliás chamar alguem de viado não desmerece ninguem …se o cara é viado ou não é problema dele é opção sexual de cada um é da conta de cada um. O problema é o cara ser ladrão e desonesto.Demorou mas disse a verdade, é o que importa .
    O massa perdeu aquele campeonato por vários fatores ,e a maior culpada foi a propria ferrari.querer botar a culpa no piquet é dose… a mclaren não inventou aquela porcaria de pirulito eletroico que todos viamos que daria problemas.

  12. Emílio disse:

    Muitas vezes recorremos ao esporte para aliviar o peso das questões chatas do dia-a-dia. Encontrar essa podridão na F1, ainda mais para quem gosta de autoobilismo, é desanimador. A categoria não tem se mostrado nem de longe um esporte refinado, mas sim de BANDIDOS. Leia-se por BANDIDOS, pilotos, chefes de equipes e dirigentes.

  13. Paulo Renato Pinheiro disse:

    Eu estava me poupando de comentar algo sobre toda essa polêmica porque estou achando tudo isso EXTREMAMENTE ridículo para o esporte, até mesmo TRISTE!
    Mas sou obrigado a confessar que o melhor comentário sem dúvida é o do Gil de Ferran. Eu fico com a letra “E”.
    Meus parábens…. melhor que charge do Mantovas.

  14. Gil de Ferran disse:

    E o Kibeloco não perdoa… Hahahaha!!!

    Saiu a nova carreira do Nelsinho para 2010:

    http://kibeloco.com.br/files/104/2009/09/nelsinho-piquet-fazenda.jpg

    E os comentários do Briatore também foram abordados:

    “Segundo Briatore, Nelsinho teria um caso com um homem mais velho e ficou chateado com a interferência do chefe. “Ele me acusou de ter rompido uma relação com um amigo, mas não quero ser acusado injustamente. O pai de Nelsinho me pediu para interferir. Ele vivia com esse senhor e não se sabia o tipo de relação tinham. O pai estava muito preocupado com a proximidade dele com esse senhor e pediu para que eu tomasse uma atitude”, afirmou Briatore.

    ***

    Responda depressa: qual o melhor comentário sobre a notícia acima?

    a) Flavio Briatore nunca foi tão Nelson Piquet.

    b) Se bem conheço Nelsinho Piquet, é capaz de ele dizer que, nesse caso, também foi “obrigado a bater”.

    c) Quem está se dando bem com essa história é o Rubinho. Escapou de vencer a corrida pelo maior fiasco do Brasil na história da Fórmula 1 bem na última volta.

    d) Se for verdade, Nelsinho escapou de traseira, no mínimo, duas vezes.

    e) Peraí! A Bia Anthony, esposa do Ronaldo, é ex do Nelsinho Piquet, né? Hmmmmm…

    f) O circo da Fórmula 1 nunca fez tanto jus ao nome.”

  15. Marcel Kawa disse:

    RT @caparica1975 Este comentário do Gil de Ferran merece ser lido: http://bit.ly/VaGbM

  16. Este comentário do Gil de Ferran merece ser lido: http://bit.ly/VaGbM

  17. alexandre disse:

    Para mim o elo que fecha a conta chama-se Max Mosley. Lembremos que ele está sendo chitado da FIA graças a, principalmente, Briatore e MOntezemolo. Ele não tem condições de mexer com a Ferrari, logo, sobrou para a Renault. Pressionou o elo mais fraco da história, Piquet, a confessar o ocorrido, o que ele fez depois do processo de fritura que passou para dar lugar ao Grosjean. Com todas as questões técnicas envolvidas (diálogos, dados de telemetria, estratégia maluca do Alonso, etc.), monta-se a investigação. Acho que no final a Renault sai da F1, Briatore permanece como empresário, Symonds será demitido (como o diretor da McLaren no início do ano), e Piquet continua em uma das equipes novas (a Campos ou a Manor, acho) em 2010.

  18. Sidewinder disse:

    E nessa “felação” toda, alguém sairá de cara suja. Huáhuáhuá…

  19. Gil de Ferran disse:

    Aproveitando o gancho do Jim Jones, que abordou as insinuações de Briatore de hoje…

    E como o munda dá voltas (como já disse antes)… Piquet, que sempre pegava no pé do Senna sobre eventual homossexualismo, agora vê Nelsinho envolvido em futricas semelhantes… Quem diria!

    Esse caso da Renault vai ficar pior que processo de separação: uma lavação pública de roupa suja.

  20. Jim Jones disse:

    Na verdade o Nelsinho entrou no programa de “felação” premiada…hihihihihi

  21. An∂ré disse:

    “Eu não faria. E nunca fiz no meu emprego nada imoral, ilegal ou antiético. E da única vez que achei que estava trabalhando para uma empresa imoral que enganava consumidores, pedi para sair.” (Capelli)

    Esse discurso é muito politicamente correto, do tipo “bom da fita”. Falar é fácil. Coloque-se no lugar do Piquet, partindo do princípio de que as acusações dele contra o Briatore são verdadeiras, desde o mau tratamento dentro da equipe até à ordem de colisão, e você não ficaria calado depois tudo pelo que passou, se tivesse um pouco de dignidade. Nessa situação você se sentiria traído, desrespeitado, indignado e não ia querer manter a imagem de piloto fraco que foi sendo construída durante esse tempo. Você ia querer limpar a sua reputação e não ficar passivo diante de quem o desrespeitou e contribuiu para a sua má reputação, a menos que você fosse um Barrichello. A questão é essa.

    Agora, se a ordem de colisão nunca existiu, trata-se de uma infeliz e vergonhosa tentativa de golpe originada provavelmente do mau caráter do Piquet Sr.

    Se a ordem existiu, para mim a maior parte da culpa deve recair sobre a equipe, porque um piloto novato na iminência de perder o emprego é provavelmente muito mais manipulável e passível de chantagem do que um piloto estabelecido e prestigiado.

    Eu não vejo razões para o Piquet fazer tanto barulho e enfrentar uma equipe da casa como a Renault a menos que seja verdade o que ele afirma, ou que seja muito estúpido. E se for verdade, é melhor o podre vir a público através de uma “dedada” do que jamais se ter conhecimento do fato.

    Temos que esperar a verdade vir a público antes de fazermos julgamento moral.

  22. Sidewinder disse:

    É o Mosley! Hahahaha…
    O Nelsinho era uma das “pros” que chicoteava o velhinho tarado.

  23. Juan disse:

    Jim Jones: hahahah
    deve ser o próprio Briatore, se vê que o Nelsinho tá doido pra f*der com ele

  24. Jim Jones disse:

    Capelli,

    Profético seu texto. O motivo apareceu no dia seguinte: Briatore assuntou o namoradão do Nelsinho. Ficou uma mágoa caso de amor terminado, de amor não correspondido…

    Agora, quem será o Sr. que era bofe do Nelsinho? Vamos fazer nosso bolão?!

    abs,

    Fernando

    PS: Seria Niki Lauda? hehehe

  25. fox_mulder disse:

    bom se e para jogar m***** no ventilador vamos caprichar…. essa novela ainda vai ter muitos muitos capitulos, e como sempre nao vai dar em nada, a renault vai se retirar da f1 no final do ano, briatore e Symonds vao se afastar da f1 e o nelsinho fica com o papel de palhaco e nao arruma mas emprego na f1.

  26. Paulo Vitorino disse:

    Ivan Capelli: quando do acidente do Massa, lembro de ter lido uma frase do Nelsão, onde ele diz algo como:” O que importa é ele se recuperar, ele que foi campeão no ano passado e tiraram o título dele”. Parece irônico hoje, não acha?

  27. Fran disse:

    Sinceramente, a fórmula 1 não passa de um verdadeiro “circo”. Se anteriormente não passava a imagem de um esporte honesto (Barrichelo que o diga), com esses últimos acontecimentos fica pior. E o Nelsinho heim… creio que quem ficou mais queimado nisso tudo foi ele, pois, quem vai querer contratar um piloto dedo duro e que fazia chantagem para continuar pilotando, e porque fazer essa denúncia somente agora? porque não fez na época. Que o Flávio Briatori é uma pessoa meio duvidosa todo mundo sabe, merece ser banido de qualquer esporte, mas, creio que o Nelsinho se prejudicou sozinho ao aceitar essa manipulação. É uma pena!!

  28. Augusto Lage disse:

    Caro Angelo, sem polemizar, o que o NAP fez foi a mesma coisa que o Rubinho, obedecer ordens da equipe, agindo de forma antiética. Não existe, meu caro, meia ética, meia culpa, meio assassino. Existe é maior ou menor intensidade, mas os dois feriram a ética.
    E de onde voce tirou a idéia que sou rancoroso? Amigo escrevi o que sinto, são atitudes antidesportivas todas as citadas, e não posso concordar com elas, pois é o antiesporte. Já escrevi muito defendendoo Rubens, pois não gosto de diminutvos em vários sites e blogs. Diminutivos são pejorativos, mas me decepcionei com o comentário dele sobre o Nelson Jr não merecer estar na F-1, se for pela falta de ética cometida, nem ele, que também cometeu as suas inclusive fica volta e meia ameaçando contar,mas não tem coragem.
    Um abraço, e não me queira mal, sou pela ética, inclusive na política.
    Lage

  29. Danilo disse:

    putz.. briatore agora ta dizendo que Nelsinho é gay..

  30. Sérgio disse:

    Só para deixar meu post acima mais claro: não concordo com o julgamento que se faz do Piquet sobre a conduta de delatar a equipe. Quanto à batida, trata-se de outra estória, embora seja de certa forma compreensível, como outros colegas aqui já ponderaram.

  31. Sérgio disse:

    O Nelsinho, com rancor da equipe, entrega todo mundo, consegue imunidade na delação e é crucificado por todos. Em 2007, Alonso, também rancoroso com a equipe, entregou todo mundo, conseguiu imunidade na delação e… não foi crucificado por ninguém. Pelo visto, o conceito moral de um piloto não depende de suas condutas, mas apenas dos resultado obtidos na pista. É muito triste esse julgamento açodado e arbitrário que se tem feito do Piquet Jr.

  32. Athos disse:

    Excelente texto, Capelli.
    Acho que ainda tem muita água pra rolar debaixo da ponte…
    O site do terra.com soltou que o Briatore insinuou que o Nelsinho é gay (http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2009/interna/0,,OI3970032-EI12988,00-Briatore+insinua+que+Nelsinho+teve+caso+com+homem+mais+velho.html)

  33. FELIPE disse:

    Aí briatore, pede pro STJ julgar seu caso. Aí é só relaxar e gozar…

    fikdik

  34. Blackbird disse:

    Falar que o Massa perdeu o título por causa do Nelsinho é mais absurdo que o próprio crashgate: Felipe não pontuou nas 2 primeiras provas, teve motor quebrado na Hungria, foi seu mecânico q errou em Cingapura, ganhou Spa por birrinha da FIA com a McLaren…

    Não acho que o Nelsinho pôs os outros em risco. A manobra q ele fez em Cingapura foi para dentro da curva, não bateu forte, qualquer piloto de nível de F-1 tem habilidade o suficiente para fazer uma manobra dessas minimizando os riscos.

  35. Angelo disse:

    Lage, só para corrigir: não foi o Lauda que o Senna mandou passear no Japão, foi o Leão.
    Presta atenção no que escreve. Quanto ao Prost e ao Alemão, assino embaixo, não podemos negar a verdade.

  36. Angelo disse:

    Lage, só uma pergunta? qando foi que o Rubinho cometeu a insanidade igual à que o NJr fez ano passado? Ter obedecido ordens de equipe? Isso existe desde que existe o automobilismo. Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Pela rudeza e pelo ódio com que escreveu, não acredito que você algum dia tenha siquer pensado em defender o excelente piloto e gente ótima que é Rubens Barrichello.

    è uma tristeza ler um post tão rancoroso.

  37. Elton disse:

    Engraçado o Alonso (inocente???) não achar estranho largar em 15º com apenas algumas gotas de combustível, enquanto na quase totalidade destes casos, o normal é largar com o tanque transbordando.

    Se achou entranho e perguntou… será que Briatore se negou a revelar a tática ao asturiano?

    Alonso como bicampeão mundial tem autonomia para escolher táticas, aceitá-las ou recusá-las e pedir toda e qualquer explicação necessária sobre elas para não correr “às cegas”, sem saber o que acontecerá durante a prova.

    No mínimo estranho…

  38. Angelo disse:

    Capelli, dou o pescoço a corte com gilette cega como o Alonso sabia de tudo. Tem que ferrar todo mundo: Briatore, Symonds, os dois pilotos, o engenheiro (cego? nâo sabe ler telemetria?) e quem estivesse no rádio ouvindo as perguntas de qual volta era. De preferência, expulsar a equipe para sempre de qualquer competição automobilística. Respeito e honra aos bons e velhos pilotos, principalmente os que faleceram defendendo carros que se desmanchavam. Abração

  39. Dionisio disse:

    De repente o Nelsinho é um bandido, e tem até jornalista idiota dizendo que ele nunca teve uma carreira. É nogenta a caretice e a falta de respeito ao esportista.

  40. Elton disse:

    Ao Capelli e Pandini:

    Acho que não fui compreendido no meu comentário sobre o “Campeão Moral”.

    Pra começar, concordo com o Capelli, “campeão moral” é a maior babaquice que existe e só usei a expressão porque o prórprio Nelson Piquet Sr. a citou em um comentário logo após a batida do Massa na Hungria.

    Como eu disse no post, “se” e “teria” não existem, então não adianta ficar teorizando sobre isso porque é perda de tempo.

    E sim, o “acontecido” (entenda-se por: a batida do N. A. Piquet) influenciou o resultado da prova, além disso, todos sabemos que uma atividade / atitude inesperada (não programada) gera uma tensão maior em qualquer pessoa / profissional e isto, em parte, justifica a falha no pit-stop (reabastecimento) de Massa em Cingapura.

    Sobre a corrida da Alemanha/2008, apesar do safety-car, foi uma corrida normal, com um resultado baseado em acontecimentos relativos apenas à corrida e não à conversas de bastidores. Isso é parte do esporte. Afinal, se há algum culpado pela perda do título do Massa, o principal é a Ferrari, depois o próprio Massa (abandono por rodada na Malásia quando era 2º). Afora isso, outros acontecimentos dentro da pista, sem influencia externa não são passíveis de culpa.

    Um grande abraço.

  41. Marco Toyota` disse:

    Até agora, o único fato concreto é o depoimento do NAP e o ponto de origem da denúncia, confirmados pelo Mosley. Todo o resto ainda é especulação e suposição e como diz o Capelli, “A conta não fecha”. O ventilador ainda está ligado e sabe lá de onde vem a próxima merda…

    A única coisa certa é que o Piquet arrumou uma boa briga e a Renault já entrou no jogo, tentando desviar o foco da mídia para outro problema.

    Intrigas, conspirações, chantagens, reuniões obscuras em iates, jogo de poder, dinheiro, muuuito dinheiro… Nem Sidney Sheldon teria escrito uma novela parecida.
    ===
    Aos que especulam sobre mudanças no resultado da corrida ou do campeonato, ESQUEÇAM!!
    O regulamento é claro. O campeonato já acabou e o resultado não pode ser modificado.

  42. Robson Moraes disse:

    Caro Augusto Lage.

    Muito bom o seu comentário, embora não concorde com a sua comparação entre o caso do Rubinho e o do Nelsinho. Inclusive porque abrir passagem para o companheiro de equipe não tem nada de novo, embora eu também ache lamentável. Mas, como inventaram um nome bonitinho pra coisa, o tal “jogo de equipe”, deixou de causar espanto.

    No caso do Nelsinho, penso que, sendo confirmada a tramóia, foram ultrapassados todos os limites do bom senso. Da ética então nem se fala.

    A única coisa que dá pra concluir com isso tudo é que a F1 fica mais pobre a partir de fato. Bem mais pobre. Independentemente de quem está falando a verdade, o estrago já está feito.

    Abs

  43. Max disse:

    Capelli, tanto deve estar rolando outra coisa por trás que o Briatore ficou calado depois do Nelsinho tê-lo detonado em público logo após sua demissão. O Briatore não é de fechar a boca e só foi falar alguma coisa agora, mesmo assim bem calculada, depois de se reunir com a Renault. Já devia estar rolando alguma coisa desde a Alemanha, quando a demissão já estava certa e depois foi adiada.

  44. Rafael disse:

    Nelsinho (a mando de seu pai) ja jogava sujo desde quando correu a F3 sul americana, eram treinos particulares era carro de F3 camuflado, enfim até na época do kart usou uma vela de avião para fazer seu kart andar mais. Briatore é mais sujo ainda, lembro-me desde a época do Schumi, tirava filtro do tanque de combustível, mandava o Shumi jogar o carro em cima dos adversários, etc, etc.
    então na minha humilde opinião, acho que tudo isso foi sim por uma simples demissão, afinal de contas os egos eram muito grandes dentro da equipe, tanto por parte do piloto (ou do pai) como por parte do dirigente.
    Uma pessoa com muita personalidade (no sentido negativo) e sem muito escrúpulos pode sim tomar uma atitude dessas pelo simples fato de se sentir humilhado, isso me lembra aqueles casos onde o namorado mata a namorada pelo simples fato de ter sido traido, ao invés de apenas se separarem e cada um ir para seu canto.

  45. Vécio Peixoto disse:

    Nelsão quer comprar a Renault, e para isso está desetbilizando o Briatore.

  46. Augusto Lage disse:

    A ética! Mas que ética? Na F-1 de Prost e Senna pra cá? Prost protagonizou pelo menos dois acidentes sérios, jogando fora da pista o Piquet pai na Holanda e o Senna no Japão. Este deu o troco no ano seguinte e também fez o mesmo com o Lauda antes. Schummy então usou e abusou da anti-ética foram suas vítimas o Damon Hill, num acidente perigoso e proposital em que quase o tiro sai pela culatra,pois o Benneton do alemão voou em direção ao rail e ELE PODERIA TER MORRIDO. Villeneuve e os participantes do GP de Mônaco com sua batida proposital no treino de classificação. Tem mais, mas vamos parar por aqui pois não é à toa que é conhecido como Dick Vigarista. Hamilton, Alonso… Ah! Alonso! Este então é um santo, delatou a equipe e o Ecclestone não disse que ele estava acabado para a F-1 na época. E agora o santinho passa por inocente. Pensem bem, é possível um piloto de F-1, numa época em que as ultrapassagens são em sua maioria nos boxes, NÃO SABER e NÃO PARTICIPAR das decisões estratégicas que influenciarão seu desempenho e resultado na corrida? Me poupem! O que dizer do Rubinho, que agora sim mostrou sua pequinês ao criticar o Nelsinho, logo ele que tantas vezes entregou o ouro ao bandido! Estou decepcionado com o Rubinho, me julgava um dos únicos defensores dele, mas agora…Quando vai apreder a FECHAR A BOCA?????
    O Massa, o maior prejudicado, não entrou no mérito da questão, abstendo-se de julgar o Nelsinho, talvez lembrando do seu tempo de iniciante, dos sapos que teve que engolir. O Massa a cada dia merece mais o meu respeito, tanto como piloto como ser humano, volte logo CAMPEÃO!
    Concluindo, porque a campanha para CRUCIFICAR o Nelsinho, ele não fez nada além de seguir as ordens da equipe e nem colcou a vida em jogo pois escolheu o lugar, a velocidade e a forma de bater. Também não colocou a vida de ninguém em perigo como afirmaram por aí, pois vinha sózinho e a ação foi premeditada. Se acho certo? Claro que não! É o antiesporte. Mas por favor, se querem punir, punam todos, Prost, Senna, Schummy, Alonso, Hamilton e, principalmente Barrichello, que além de ter cometido crime semelhante ainda se dá por algoz de quem agiu como ele, pois não há diferença entre bater propositadamente no adversário, deixar o companheiro passar para vencer e bater para ele ganhar. Concordam?
    Ah! Capelli, concordo e assino embaixo, tem mais coisa aí nesse angu do que caroço!

  47. Ademilson disse:

    LEIO AGORA QUE ATE O RUBINHO ESTA ATIRANDO PEDRA NO NELSON PIQUET, MAS O MESMO ESQUECE O NUMEROS DE VEZES EM QUE TEVE QUE SE ABDICAR DA VITORIA EM PROL DO ALEMAO SCHUMACHER???

    PIOR QUE FORÇAR A BATIDA É NAO QUERER GANHAR!! NAO ESQUEÇO NUNCA AQUELE GRANDE PREMIO EM QUE O RUBINHO TEVE QUE PARAR O CARRO PARA O ALEMAO GANHAR, ALI MORREU METADE DE MINHAS ESPERANCAS EM VE UM PILOTO BRASILEIRO CAMPEAO NOVAMENTE.

    PAREM DE ATIRAR PEDRA NOS TELHADOS ALHEIOS, POIS OLHO EM VOLTA E VEJO QUE SAO TODOS DE VIDRO. E VAI SER SEMPRE ASSIM, EM UM ESPORTE QUE ENVOLVE MUITO DINHEIRO, HOJE NAO BASTA TER TALENTO, SE O CARA QUIZER MOSTRAR QUE O TEM, NO INICIO DE CARREIRA TEM QUE SE SUJEITAR A ESSES CAFAJESTES DA FORMULA 1, QUE AGEM COMO OS ANTIGOS CAFETOES EM ZONAS BOEMIAS.

    FORCA PIQUET.

    UM ABRACO

    ADEMILSON

  48. Juan disse:

    Grande Capelli! excelente texto.

    realmente, quando você acha que já viu de tudo sempre aparece uma figura pra te surpreender.
    Como não dá para comprar juízes compra-se o jogador…

  49. Capelli, excelente texto e análise ponderada. Bom como sempre.

    Apenas um comentário ao comentário do Elton. Dizer que a manobra de Nelsinho em Cingapura “tirou o título de Massa” é, na minha opinião, exagerado. O problema que eliminou Massa aconteceu por culpa exclusiva da equipe. Nada garante que Massa teria um pit stop “normal” se a corrida prosseguisse sem safety car.

    Se você quiser culpar Nelsinho por Massa não ser campeão, use o GP da Alemanha como argumento. Se ele tivesse ficado à frente de Hamilton e vencido a corrida, ou atrás de Massa e ficado em terceiro, Massa seria campeão… Só não acuse Nelsinho de ter premeditado a batida do Glock, que levou à entrada do safety car e catapultou Nelsinho de 18º para primeiro, OK? Abraços! (LAP)

  50. Guilherme disse:

    Nunca gostei do Neslsinho. Nunca acreditei que ele pudesse ser um bom piloto e acho essa postura dele coisa de criança. Sair chorando por aí foi pessímo para a carreira dele que, depois desses acontecimentos, não deveria mais voltar para nenhuma categoria.

    Ao mesmo tempo ele foi colocado contra a parede por Briatori. Naquela hora ele teve que tomar uma decisão e tomou. Se ele não estivesse satisfeito com ela, não tomasse. Se tivesse se arrependido, falasse algo antes. A preção que sofreu não justifica sua conduta.

    Não é a primeira vez que isso acontece na Fórmula-1 e nem vai ser a última. Esse tipo de jogada de equipe vai continuar a acontecer até o fim do automobilismo. Uns serão pegos, outros não. Uns aceitarão isso numa boa (Shumacher) e pagarão, outros não (Rubinho dos tesmpos de Ferrari, Nelsinho e Alonso).

    O importante é que seja divulgado o carater de cada dono de equipe e piloto para quem assiste às corridas poder julgar quais mercem ou não vencer.

  51. João Pinho disse:

    E, acerca de haver motores desiguais na GP2, não foi só em 2006… quem tiver visto com atenção esta temporada de 2009 sabe bem a que me refiro.

  52. Aderson disse:

    Eu não queria estar na pele do Nelsinho caso ele volte em 2010.
    Ele vai sofrer uma discriminação FDP do circo da F1. Acho até que dá sua propria equipe, caso ele já tenha aonde correr em 2010.
    Tipo: Ele chega num canto e todo mundo sai de perto.
    Xingar Briatore tudo bem, era compreensivel. Mas cagoetar um plano desses, foi suicidio.
    Um piloto novato, com pouquissimos resultados positivos atacando um chefão da F1, que já comandou e conseguiu ser campeão com nada mais, nada menos que Michael Schumaker e Fernando Alonso. Briatore é safado, é mafioso mas já fez seu nome na F1. Mas Nelsinho? Tirando o sobrenome famoso, quem é Nelson Angelo?
    O que estará pensando agora Felipe Massa? Estará imaginando que se seu pit fosse na volta programada e sem correria, nada teria acontecido e ele hoje seria campeão??
    Nelsinho vai ser excluido dentro do circo, sentirá uma solidão terrivel, será preciso muito estomago para enfrentar o que vem por ae. Alias pode até ser processado pela Renault.
    A unica saida para Nelson Angelo Piquet será fazer um ano de 2010 bem competitivo, algo que chame a atenção dos chefões da F1 novamente.
    Vai ser uma tarefa dificil, pois se correr em 2010 será numa equipe estreante, pequena.
    Mas milagres existem. E quem sabe ele consegue.
    Pois só assim, com talento e capacidade, ele poderá voltar a ser bem visto na F1.
    Michael Schumaker é a prova disto. Vigarista e Barbeiro mas é Hepta Campeão e ae tá tudo bem.

  53. Tiago S. disse:

    Olha francamente, depois do Max fazer apologia ao Nazismo, dizer que não, aparecer pelado levando chicotada na bunda e ainda continuar no poder. Me leva a crer que esse apocalipse que vocês estão anunciando, pode não ser tudo isso. Muito se falou naquela época e hoje em dia o Max aparece lá tranquilamente. Não sei porque não poderia ser igual nesse caso.
    O Nelsinho errou, fato, mas não da pra saber o que se passou durante o ano e como estava a cabeça dele. Como você mesmo disse, a F-1 é um ninho de cobras e acho que o Nelsinho não sera uma presença tão mal vista assim no paddok.

  54. Renato ... disse:

    Capelli , Ja ouvi de pessoas proximas do assunto que os Piquets pagavam pela vaga na equipe diretamente ao Briatore, mas o Nelsao nao queria que o nelsinho tivesse fama de piloto pagante.
    Pense, no orcamento da equipe…

  55. Luiz disse:

    Esse Bruno 11.44 deveria tambem ser banido dos comentarios pela quantidade de asneiras que falou. O Nelsinho alterou o resultado de toda a corrida, o Rubinho só trocou de posição com o companheiro

  56. Renato Well disse:

    Ola caros amigos.

    Eu achei muita hipocrisia algumas pessoas levantarem seus comentarios contra o Nelsinho.
    Em um mundo tao conspirador, onde se busca verdades voltadas aos interesses de poucos…
    Quantas vezes vemos campeoes que se destacam apenas pelo seu melhor equipamento, pelo seu melhor “acessorio financeiro” ou pela preferencia da sua equipe? Isso tambem nao seria uma forma de vender ou de se conseguir algo nao tao verdadeiramente?
    Sobre o comentario do Rubinho, pessoa que tanto prezo e defendo, so posso dizer que mais uma vez ele fez um infeliz comentario… Por que? O Nelsinho aceitou uma ordem de equipe, bateu, e por isso ele nao merece estar la? E quantas e quantas vezes o Rubinho se sujeitou a estar mais lento ou a permitir que o alemao o vencesse? E se o problema for ter sido dedo-duro, o que foi a ultrapassagem do Michael sobre o Rubinho na ultima curva da ultima volta? Sera que isso nao foi uma forma de “dedurar o sistema”?

    E se alguem tem duvida sobre o que o Nelsinho ganha com isso, eu soh respondo assim: o que ele tem a perder??? Um cara “pinta”, bilionario, famoso e ex-piloto de Formula 1… Vida feita!

    Um abraco!

  57. Luiz G disse:

    Mais importante nisso tudo, é que os pilotos Brasileiros tem que aprender a calar a boca e pilotar pra vencer.

    Vide Massa, que assim o fez.

  58. Luiz G disse:

    Nelsinho mandou mal.

    Mesmo que queime o Briatore, sempre haverá alguém querendo pilotar para Flavio Briatore….mas quem vai contratar Piquet?

    Existe uma grande diferença entre ser o contratante e o contratado.

  59. Ivo disse:

    Mto bom o texto Ivan!
    Alguém ae falou que o Nelsão pode ter tomado um balão do Briatore. Pra mim faz muito sentido, porque se os Piquet denunciaram a FIA UM DIA APÓS A DEMISSÃO DO NELSINHO, DE CABEÇA QUENTE, SERIA MTA BURRICE DELES.
    A COISA NAO FECHA TBÉM POR CONTA DISSO…PARECE QUE FOI PLANEJADO ANTES…JÁ VIERAM COM A HISTÓRINHA DA DELAÇÃO PREMIADA…COM DECLARAÇÃO DE 4 PAGINAS….
    VEM MAIS POR AE…

    QTO AO NELSINHO – NUMA PALAVRA – LAMENTÁVEL
    QTO AO RUBINHO – NOVAMENTE PERDEU A CHANCE DE FICAR QUIETO…NÃO SE COLOCOU EM RISCO, MAS FOI BABACA COMO O NELSINHO ACATANDO ORDENS ABSURDAS DAS EQUIPES.

  60. ELF_TL72 disse:

    Pô, será que vai rolar uma promoção do tipo:”os 3 primeiros que jogarem o carro no poste ganharão um Renault zerinho”?

  61. Andersson - RS disse:

    Capelli, discordo um pouco da tua avaliação, apesar dela estar muito bem argumentada..

    Telvez Nelsinho não tenha tido escolha. Porque, ao meu ver, não houve uma discussão no sentido de ele querer ou não. Não consigo, pessoalmente, me colocar no Nelsinho e pensar na possibilidade de dizer “Não, Briatore. Não vou fazer. Me demito”. E aí? Caiu fora… outro piloto corajoso e submisso o suficiente faria no lugar dele. Sinceramente, não vejo possibilidade do Nelsinho ter ficado na Renault se ele tivesse se negado a fazer. A carreira dele estaria acabada, porque teria saído antes de mostrar qualquer resultado, aparentemente sem motivo nenhum, e teria inventado qualquer motivo de contrato ou uma merda dessas… porque ele não poderia sair por aí divulgando o fato. Hoje, estaríamos aqui discutindo qual foi o motivo da saída dele. Estaríamos aqui inventando hipóteses conspiratórias sobre esta demissão, e, no mínimo, o chamando de covarde e sem-talento (o que no fundo ele é, afinal). Se ele jogasse tudo no ventilador, não faltariam os que o chamariam de hipócrita. E talvez você até escrevesse e divulgasse a mesma coisa, só que num olhar diferente: que ele passaria a imagem de canastrão, “demonstrando-se enojado com a podridão da Fórmula 1 e tendo decidido tornar-se um paladino a serviço da verdade”. E tem mais. Correndo mal, mesmo assim, ganhava bem. Então, acho que ninguém – pelo menos, não eu – iria ser peitudo o suficiente de se negar e perder o emprego, a chance de continuar correndo na categoria mais alta da F1, um contrato milionário, exposição, etc, por mais sujo e desleal que tenha sido este ato.

    Talvez esteja sendo demasiadamente inocente, mas prefiro acreditar que o coitado no Nelsinho foi colocado numa posição na qual se correr o bixo pega, se ficar o bicho come… preferiu ficar, naquele momento.

    Abraço!
    Excelente Blog!

  62. Sérgio disse:

    Permita-me discordar um pouco de você, Capelli. Se o Nelsinho calasse a verdade, ele não atenuaria um erro, apenas cometeria mais um. Ninguém gosta de delatores, mas, depois de tudo o que ele passou naquela equipe, fica difícil exigir uma obrigação moral de silêncio. Assim é mais justo: se todos cagaram juntos, que todos se sujem também juntos – Piquet e Briatore.

  63. Gil de Ferran disse:

    Só corrigindo: “O FILHO DO outro entrará para as lamentáveis histórias (…)”…

  64. Gil de Ferran disse:

    Só quem não conhece as histórias do Briatore para se impressionar com a marmelada de Cingapura.

    Aliás, não é novidade um fato semelhante: na IndyCar em 2006, no GP de Sonoma, um companheiro de Marco Andretti, acho que era o Bryan Herta, rodou deliberadamente para forçar uma bandeira e assegurar a vitória do filho do dono na equipe, Michael Andretti… E assim Marco se tornou o mais jovem vencedor de uma corrida daquela categoria… Difícil é saber como alguém se realiza ganhando algo de forma forjada ou facilitada… Enfim, como diz o ditado, gosto é gosto.

    Já Briatore e a Benetton (e Schumacher, claro) tiveram um rol extenso de falcatruas em 1994, tais como retirada do filtro da bomba de combustível para aumentar a vazão e diminuir o tempo de reabastecimento, o que causou o impressionante acidente com Jos Verstappen nos pits no GP da Alemanha… E por aí vai, algumas soam mais como conspirações, mas a cautela recomenda ser agnóstico (não acreditar nem duvidar) em se tratando de F1 e Briatore…

    No mais, isso tudo mostra que o munda dá voltas. E como! Piquet criticava a torto e direito Barrichello e veja só o que acontece agora. Queira ou não, um será respeitado pelo mundo da F1 e é o recordista de participações, podendo chegar a mais de 300 GPs se correr ano que vem. E é uma marca respeitável, ainda mais nos dias de hoje, onde qualquer novato promissor que não corresponda é sumariamente demitido. O outro entrará para as lamentáveis histórias de pilotos efêmeros que simplesmente passaram pela F1. Nem preciso dizer quem é quem…

    Quanto aos comentários do Rubinho, não vejo nada demais. Só emitiu a opinião dele. E ao deixar Schumacher passar na Áustria (em 2001 e 2002, poucos lembram que em 2001 ele cedeu o 2º lugar), o brasileiro não arriscou a vida de ninguém e vergonha maior foi, a meu ver, do alemão.

    E Barrichello poderia tripudiar sobre tudo o que está ocorrendo, mas não o faz porque é uma pessoa de boa índole e não descontará no filho as eventuais desavenças que tenha com o pai, que foi seu maior crítico principalmente porque Rubinho era amigo de Senna e tornou-se o piloto a ser patrocinado pela Arisco.

  65. Thiago disse:

    Eu acho q o motivo é esse mesmo e toda a raiva… os Piquet são meio orelhudos..

  66. Roberto Taborda disse:

    Elton, essa historia de rancor acho que seria MUITA, MAS MUITA BURRICE do Nelsão..Afinal, foi ELE MESMO que colocou o Nelsinho na mão do Briatore… Então, essa historia de rancor não existiu. Alem disso, o proprio Nelson conhece MUITO BEM o Briatore, afinal em 1989 quando assinou para 90/91 o salario dele era menor que o do Naninni, porem com premios por pontos e uma polpuda cereja do bolo por vitorias… no fim das contas, o Piquet pai recebeu menos somente que Senna e Prost em 1990… Enfim, faltou para mim a convivencia diaria nas categorias de base, o contato com engenheiros fora da familia, dos amigos, dormir pouco, comer mal, sentir um carro mal acertado.. Afinal, com certeza ele dizia que o carro tava saindo de frente, lá ia todo mundo acertar a frente sem saber se era ele o errado ou não… Enfim, NAP: VAI PARA MONACO E ESQUECE A F1!!!!

  67. Raul Costa disse:

    Nem sei se vc esta lendo ainda Capelli, mas dou meus pitacos.

    Algumas coisas que eu acho que podem “alumiar” essa joça:

    1- Pode haver sim muito dinheiro do piquet-pai na jogada (como disse um amigo acima), o que faria disso uma coisa mais pra retaliação por um golpe do que vingança pessoal.
    2- Outro que falou bem acima comentou que talvez o Piquet filho realmente foi ingenuo o bastante pra achar que dedurando a renault ele sairia bem da jogada. é uma possibilidade, já que ele foi bobo o bastante pra entrar nessa..

    3- Mas aminha maior aposta vai para: Possivelmente a FIA já está investigando isso ha um tempo e conseguiu chegar no piquetzinho com um pouco mais de provas e, somando-se o clima ruim, o piloto preferiu delatar todo mundo em troca de sair ileso. O alonso fez o mesmo e está aí até hoje.

  68. Fábio disse:

    TEORIA DA CONSPIRAÇÃO

    FIA convence Nelsinho a delatar a Renault em troca de uma posição de piloto em alguma equipe no próximo ano (Campos?)!

    Com isso a Renault será expulsa da F1, jogo já previsto, pois com a saída da BMW, a FIA abriu mais duas vagas para novas equipes ao invés de uma.

    Para quem achava que a briga FIA vs FOTA tinha acabado! Hahahaha!

    CALMA GALERA! É SÓ UMA TEORIA FANTASIOSA!

  69. Henrique disse:

    Eu sou o único que acha que Nelsinho é estúpido suficiente para não ter noção das consequências de seu ato?

  70. Abreu disse:

    Boa Daniel Wey. Mas o Senna não pode ser julgado nunca, esqueceu?

  71. Iron disse:

    A F1 parece o Senado… Deveria haver regras mais claras quanto a contratação de pilotos, 2º piloto, grana, etc, etc… Eu, particularmente, gosto é do Blog da Indy, porque lá naquela categoria tem carro para todo mundo. Quem sempre ganha o campeonato é Penske ou Chip Ganassi, mas todo mundo pode vencer inclusive a Danica Patrick. A F1 é um teatrinho em que você nunca sabe se o Rubinho ganhou o GP de Valência por mérito ou em função de alguma políticagem envolvendo interesses … O Bufão Bueno fica verborragizando por aí que a categoria tem que ser cara, tem que dar espaço apenas para os “melhores do automobilismo mundial” … mas os critérios para serem os “melhores” são sempre políticos e econômicos. Acho que da mesma forma que se contesta o poder da CBF pela Justiça e Imprensa brasileiras (alguns setores, é claro) , a União Européia deveria investigar as orgias da turma da Fia e os chefes comerciais. Porque o que é vendido para todo mundo é uma disputa esportiva e não um esquema para velhos tarados como seu Mosley e seu Briatore financiarem suas prostitutas em detrimento de um esporte tão fascinante e nobre.

  72. Daniel Wey disse:

    Por que há tanta repercução nesse caso? Bater de propósito na F1 não é algo tão incomum assim. Só para citar alguns exemplos que vem a cabeça: Proust em 89, Senna em 90, Schumacher em 94 e 97. E essa lista deve ser bem maior.

    Na minha opinião, o acidente do Senna foi bem mais grave, porque foi tão premeditado e proposital quanto o do Nelsinho, e pos em risco não só a vida dele quanto a do Proust.

  73. ROb disse:

    Cara, se nao fecha a conta, diga-nos oque resta para fecha-la, vc nem ao menos especulou nada..entao fica dificil acreditar que exista algo.

    Pra min está claro, foi uma vingança contra briatore, com mosley dando proteção de que nada sofreria e talvez prometendo um carro para o ano que vem
    Visto que existem 3 equipes novas e que ele max tem poder sobre elas.

    Agora, parece que os piquets não pensaram bem nas consequencias disso tudo.

  74. Pedro Liguori disse:

    Capelli, fugindo do assunto, sinto falta de seus posts pré-GP, que faltam desde o GP da Europa, se não me engano.

  75. bruno disse:

    O texto é bom, mas vamos ter que deixar a hipocrisia de lado, Rubens fez mais merda que Piquet e a estória de que quem entrega as coisas fica com má fama, ALONSO foi um dos maiores traidores dos últimos tempos, quando entregou a Mclaren e não se sujou, por que o Nelson eira se sujar? É MAIS NO BRASIL ISSO, do que FORA DOS PAIS, onde se tem uma visão bem diferente e isso faz parte da cultura, onde se prega que em caso de arrependimento pelo crime cometido, o acusado etc. ganha ate méritos por tentar deixar as coisas menos sujas!Claro que para carreira dele, o que prejudica, foi o fato de ter batido, agora, o Rubens ficou sujo por deixar o Schumacher passar? Vendo a declaração do Rubens, fico com pena dele, que fez merda e agora julga o Nelson…

  76. ty G disse:

    Belo texto ! parabéns!

  77. Elton disse:

    Sobre o Massa… de quem escreveram acima, o Nelsão chegou a afirmar que é o “Campeão Moral de 2008″, logo após o acidente na Hungria.

    Campeão Moral??? Se não tivesse ocorrida a trapassa da Renault / Briatore / Symons / Nelsinho, Massa teria sido campeão.

    Mas como “se” e “teria” não existem… Hamiltom foi o campeão…. a culpa maior da perda do título ao final, não foi do Glock, mas sim do quarteto cita acima.

    Pode colocar essa na conta do Nelsinho….

  78. Nick Mason disse:

    Se tem um piloto na F1 que não poderia comentar sobre o incidente do Nelsinho, esse seria o Rubinho. O que o Rubinho fez na Áustria? O que o Nelsinho fez em Cingapura? Simplesmente aceitaram fazer o que o superior ordenou. O Rubinho inclusive já disse várias vezes que só aceitou fazer aquilo em função de ameaças que fizeram a ele, provavelmente seria chutado da Ferrari, e o Nelsinho? Exatamente o mesmo motivo! Então, CALA A BOCA, Barrichello!! Pior que eu gosto do Rubinho, mas essa declaração de que o Nelsinho deveria ser banido foi de doer.

    =============================================

    O Nelsão tá na cola do Briatore desde o início do campeonato dizendo que ele não estava lá a toa, porque tem filho pequeno pra criar em casa. Ou seja, essa história não aconteceu porque o Nelsinho foi demitido agora. É capaz de o Briatore ter dado o balão no Nelsão, deve ter levado uma grana preta dele.

  79. Emerson disse:

    Me corrijam se estiver errado…. Se tudo foi premeditado no dia da prova, como diz o Piquet Jr, por que, afinal, o Alonso saiu com tão pouco combustível já que os pilotos tinham que definir o quanto de gasolina iriam usar ao final do treino oficial (um dia antes da corrida)?? Tática apenas pra fazer bonito? Ou, ele sabia antes do proprio Nelsinho do golpe ? Ou, de fato é mocinho na história? Tudo soa muito estranho…. Sempre achei o Piquet Jr um piloto com talento, mas ainda não preparado pra lidar com a pressão e, ainda pior, disputando com um piloto genial como Alonso – que já escaldado – deve ter exigido em contrato não ser preterido na Renault como foi na Mclaren, tendo toda a preferência e melhores recursos. Se o tapete não foi levantado ainda, que se faça a faxina…. Se for só isso… lamentável de qualquer jeito e, dos males possíveis, o menor seria Alonso de fato não saber de nada pois ao menos não teríamos um bicampeão, talvez o melhor piloto pós Schummi, afundado na lama… Algo não fecha mesmo…

  80. Fabiano Prado disse:

    Terá mesmo Nelsinho acabado com a carreira que nunca teve? Alonso entregou a McLaren em 2007 por vingança e “birrinha”. Foi perdoado e agora até pode correr na Ferrari, equipe que ele espionou.

  81. Hugo Becker disse:

    Falamos e pensamos praticamente da mesma forma. Ontem, em meu blog, coloquei meu ponto de vista e ele é bem parecido com o seu.

    Mas continuo chocado. É simplesmente chocante, não entra na minha cabeça um absurdo desses. É vergonhoso, e não há, nem na blogosfera, nem na imprensa, nem no mundo da F-1, uma voz que manifeste uma reação diferente desta.

    É tão vergonhoso que eu duvido que dê em pizza, do tipo Briatore costurar um acordo silencioso com a FIA, sair de cena e, assim, manter a Renault viva na F-1. O caso de espionagem em 2007 é história de gibi do Maurício de Souza perto disso.

  82. Jonny'O disse:

    Foi a coisa mais estupida que já vi na F1 ,pelo menos o que veio a publico.

    O cara faz a merda e depois conta tudo, se foi por pura vingança é ainda pior ,quer dizer que se continuasse no time nunca o mundo ia saber ,puro lixo!!

    Por isso acho que o Capelli tem razão no post .

    Deve ter mais coisa debaixo dessa lama toda.

  83. Elton disse:

    Briatori, deliberadamente ou não, encerrou a carreira dos Piquet na F1. Primeiro foi o Piquet pai, em 1991, não renovando o contrato do Nelsão em virtude (será?) da jovem promessa alemã chamada Michael Schumacher. Agora, 18 anos depois, encerra a carreira de Nelsinho Piquet…

    Pra mim, são 18 anos de rancor que voltaram a tona agora com todo o gas. Briatore não é santo, longe disso, e acredito mesmo que ele tenha deliberadamente “pedido” ao Piquet Jr para bater propositalmente.

    Quanto as declarações de Nelsinho, também não é o fim do mundo como estão pintando por ai…

    Pra mim é mais uma das muitas histórias dos bastidores da F1… o Barrichello promete contar algumas num possível livro, Senna também chegou a declarar que o faria…. e tantos outros que já passaram pelo circo também fizeram tal ameaça.
    No final da história, gostaria de ver o Nelsinho em outra equipe, sem pressão e, preferencialmente, numa equipe brasileira…. é caro, mas os Piquet têm dinheiro pra bancar isso (será?)…

  84. Becken disse:

    Muito bom o artigo, Capelli!

    Pergunta básica que corre o mundo nesse momento: vc acha que o ‘desinFormado’ Alonso realmente não suspeitava de nada?

  85. Alejjandro disse:

    Fleet,

    parece que a Renault foi convocada a depor no dia 21.

    Abraço!

  86. Alejjandro disse:

    O que é pensar como a mídia…

    Eu li a frase do Barrica de forma solta, sem o contexto:

    “Se fez isso, não merece estar no esporte”

    O que me fez pensar: “Fazer o quê? Alcaguetar a equipe? Afinal, ele mesmo já participou de trabalho em equipe… não foi premeditado como o do Piquetzinho, mas concordou em fazer, ué…”

    Hehehe… que maldade…

  87. Algumas considerações:

    1- Tantos na história já fizeram jogo sujo pra beneficiar companheiros, esse é só mais um caso.

    2- O Barrichello falar do Nelsinho é como o roto falar do esfarrapado. Fosse diferente, ele não teria freado na Áustria.

    3- Qualquer um, em xeque, faria o que o Nelsinho fez. Ponto. No nosso emprego, no dia-a-dia, somos obrigados a tantas coisas que não gostamos…

    Por fim, já está na hora da Renault recolher suas tralhas e desaparecer da F-1!

    • Capelli disse:

      Eu não faria. E nunca fiz no meu emprego nada imoral, ilegal ou antiético. E da única vez que achei que estava trabalhando para uma empresa imoral que enganava consumidores, pedi para sair.

  88. Fleetmaster disse:

    Concordo. E porque Alonso e a montadora não falarma nada ainda ?????

  89. IK disse:

    Capelli, e o Alonso quando tentou chantagear e depois acabou por caguetando a McLaren em 2007, ficou com fama de dedo duro? Ou se safou porque era bi-campeao e pode fazer o que quer por isso?

    Na F1 nada acontece de graca – Alonso queria ser numero 1 da McLaren, fez a chantagem, Ron Dennis nao topou ficar no bolso dele e so por isso explodiu o Spy-gate, senao os dados da Ferrari poderiam estar rolando por la’ ate’ hoje.

    Pior e’ o Rubinho que sabe dos podres da Ferrari, deitou na cama com eles, de vez enquando faz charminho que vai contar, todo poderoso, depois volta atras “porque meu filho pode querer correr pela Ferrari um dia”. Conivente, falastrao, covarde e frouxo!!

    Acho que voce tem razao quanto a essa estoria ainda nao estar perto do fim – nada me tira da cabeca que mais gente da Renault sabia dos planos – e Nelsinho so teve o desprazer de conversar com Briatore e Symonds. Alonso ia aceitar fazer 3 paradas e a primeira de 12 voltas largando la’ atras sem sequer questionar o porque dessa estrategia? Ele podia nao saber os detalhes, mas sabia que alguma coisa ia rolar.

    E FIA deixou passar que estava investigando outras provas alem de Cingapura, lembra – ai tem!

  90. An∂ré disse:

    Acho muito prematuro fazer julgamento moral do Piquet Jr. Nós ainda não sabemos ao certo tudo o que aconteceu. Este post faria sentido se já tivesse havido julgamento, prova e condenação de toda a turma, incluindo o Piquet Jr. Mas não é o caso.

    Pode ser que ele, por ser inexperiente, tenha sido levado pela onda e seguido as (des)orientações do Briatore que, no fim, depois de eventualmente ter prometido a renovação do contrato em função da obediência do Piquet, tenha lhe espetado a faca nas costas. Conclusão: Nelsinho traído e revoltado resolveu chutar o pau da barraca e expôr os podres lá de dentro.

    Não sei se foi isso, mas há um certo cheiro.

  91. FERNANDO MARQUETO disse:

    Pessoal, sempre evito ficar colocando minhas observacoes em BLOGs etc… Mas dessa vez nao tem como ficar calado… Nelsinho tem culpa SIM por ter aceitado. Ele, a Renault e o Briatore devem ser excluidos da Formula 1 (Briatore alias já vai tarde…). Mas o mais triste é saber que a atitude do Nelsinho simplesmente TIROU o Titulo das mãos do Massa. POrque simplesmente o Massa liderava aquele GP, e ele foi obrigado a antecipar o PIT-STOP por causa da batida, e por causa desse PIT-STOP (que liberaram ele antes de retirar a mangueira) ele saiu com a mangueira conectada no carro e depois teve que abandonar… Fora isso, o Massa chegava facil, facil no terceiro ou quarto lugar neste GP (que seria vencido, claro pelo Alonso)… Ou seja, por conta da atitude do Nelsinho e Cia o Massa abandonou um GP que ele pontuaria com certeza… e me digam… por quantos pontos o Massa perdeu o Campeonato de 2008 mesmo ???? POis é… fico triste ao ver um brasileiro participar de uma falcatrua e pior ainda, de ver um brasileiro tirar o titulo de outro Brasileiro (esse sim com “B” Maiusculo). Muito triste tudo isso. Fico imaginando o que está passando na cabeça do Massa nessas horas… Abracos.

  92. J. Alves disse:

    Quem se beneficiou mais da armação? Alonso, que ganhou uma corrida (bela porcaria, o cara é bicampeão) num ano em que não tinha nenhuma chance, ou Nelsinho, que alongou sua carreira por umas dez corridas, ou mais? Sem a mutreta, é muito provável que não tivesse sido contratado para 2009, e talvez tivesse sido mandado embora durante a temporada passado mesmo.

    Mesmo que o Alonso tenha ficado sabendo de tudo depois (pelos depoimentos até agora, parece que ele não sabia de nada antes, mas quem sabe?), ganhou muito pouco com isso, e não teria sido culpa dele. Já os Piquet ganharam uma potente ferramenta de extorsão e chantagem (e pelo que parece usaram, gostosamente). Só botaram a boca no trombone por que foi despedido. E como é rico, não precisa de emprego, e estava ficando claro que não iria mais correr de F1 mesmo, então que se dane a reputação.

  93. Marcelo Marsh disse:

    O Capelli traduziu muito do que eu tenho pensado. Alguma coisa tá faltando. http://bit.ly/AHvAg

  94. guilherme disse:

    Na verdade, assumir foi a única atitude correta que ele teve, tem que delatar mesmo e ser homem pra assumir as consequencias do fato, mesmo que isso signifique o fim de sua carreira na F1. O que não cola pra mim e dar uma de joão sem braço e fingir que nada aconteceu só pra conseguir uma vaguinha. É fato que ele errou mas erraria de novo se escondesse a mentira.

  95. Dutch disse:

    Correção: Vejam isso, @ivancapelli A delação de Nelsinho: uma história muito mal contada. http://bit.ly/AHvAg

  96. Ricardo Bandeira disse:

    Realmente, algo não fecha. Mas acho estranho como preservam o Alonso. Ele foi um dos grandes beneficiados da armação. Não faz sentido Alonso não saber de tudo. Por ora, não vejo outro caminho minimamente decente que não o banimento do esporte de pelo menos quatro personagens: Briatore, o outro da cúpula da Renault cujo nome agora me escapa, Nelsinho e Alonso. Ou é isto ou é a desmoralização. E aí não vai dar mais vontade de ver F-1.

  97. Rodriguera disse:

    vou fechar a conta pa vc então capeli…basta um exercício de empatia…imaginar-se na pele do pobre, ruim, inseguro e sem auto-estima nelsinho piquet…então…nelsinho foi demitido da renault e então passou a tentar sua realocação em alguma outra equipe (o pai até cogitou entrar na compra do espólio da BMW)…após várias tentativas sem sucesso (óbvio, quem vai contratar piloto ruim como ele com um monte de opções disponíveis) viu que não faria mais parte da F1 e então resolveu chutar o balde…vingar-se do briatore…agora resta apenas saber se isso não irá afetá-lo de ir pra outras categorias…porém, mesmo que afete, pra outras categorias (stock car, por exemplo) o pai aguenta pagar, criar uma equipe só pra ele…foi isso……simples assim…

    [ao]

    • Capelli disse:

      Ele prestou declaração formal à FIA no dia 30 de julho… logo depois do GP da Hungria, sua última corrida. Foi tudo rápido demais. Não dava tempo de todas essas tentativas.

  98. Lauro disse:

    “Se o Nelsinho obedeceu ordens da equipe e participou de uma armação para ajudar o companheiro a conseguir uma vitória, ele não merece mesmo estar na F1.”

    Se foi “indireta” em relação à Áustria/2002, discordo completamente.

    Uma coisa é deixar o companheiro passar em pista e outra completamente diferente e bater um carro p/ forçar um safety car. Não que o que Barrichello fez tenha sido certo, já o caso de Nelsinho ele colocou em risco a si próprio, ao público, aos fiscais e outros pilotos de maneira completamente desnecessária.

    Outro agravante é o fator premeditação. Até onde lembro, Rubens recebeu durante a corrida a instrução de deixar Schumacher passar, enquanto que no caso de Nelsinho foi tudo premeditado, c/ a participação do Piloto.

  99. Ângelo Mello disse:

    Essa história conseguiu abalar a minha paixão por F-1 como nenhuma outra. Nunca liguei pra casos de espionagem nem surubas sado-masô, mas por se tratar de um piloto que eu acompanhei desde o início da carreira e filho do meu maior ídolo, fico muito triste. Também acho que vem muito mais merda por aí e que a conta não fecha. Desde que o Reginaldo Leme divulgou o caso que eu espero a grande bomba sair, o que vai esclarecer o caso de vez e deixar a gente ainda mais estarrecido.

  100. Vai pegar mais gente ainda. E o Alonso, muito calado pro meu gosto, será que realmente ele não sabia de nada?

  101. Emerson Pardo disse:

    Gostei do homem-bomba RT @ivancapelli: A delação de Nelsinho: uma história muito mal contada. http://bit.ly/AHvAg

  102. [...] This post was mentioned on Twitter by Dutch . Dutch said: Vejam isso:@ivancapelliA delação de Nelsinho: uma história muito mal contada. http://bit.ly/AHvAg [...]

  103. ELF_TL72 disse:

    Só mais um palpite: com as devidas proporções, Alonso dedurou a McLaren no caso da espionagem da Ferrari, por pura vingança contra Hamilton e Ron Denis, e nem por isso destruiu sua carreira.
    Se o Piquet Sr. realmente comprar a Sauber e pôr o Nelsinho para correr de novo, pode ser que no começo tenha algum zunzunzum nos bastidores, mas com o tempo a história vai cair no esquecimento. A não ser que ele se envolva em outros acidentes que reavivem o fato.
    Aí a fama de piloto de parquinho vai colar de vez…

  104. Dutch disse:

    Vejam isso:@ivancapelliA delação de Nelsinho: uma história muito mal contada. http://bit.ly/AHvAg

  105. Guilherme A. Miralhe disse:

    Capelli, qdo começou essa história, imaginei que ele estivesse “jogando merda no ventilador” por se ver sem vaga na F1. Não nos esqueçamos que ele ainda tinha como empresário o Briatori… O engraçado é que ele chegou a “twitar” sobre uma suposta nova equipe, o que parecia ser um “recomeço” em sua carreira na F1. Acredito que a ver as portas fechadas na F1, ele resolveu fazer isso.
    Abs,
    Guilherme

  106. João Marcelo disse:

    Max Mosley. eu sei que parece loucura. mas sempre achei briatore o único porco o suficiente para liberar aquele escândalo sado-maso do mosley. mosley usou os piquet como laranjas. o que eles vão ganhar em troca? talvez nada. talvez seja apenas a união de todos que sempre tiveram algo contra briatore. vingança pura. agora se a renault sair, restaram apenas ferrari e toyota. todo aquele mal que mosley queria expulso da F1 vai ser reduzido a quase a metade, restando ferrari, mercedes e toyota.

  107. João Gabriel disse:

    Eu não sei. Não vejo como alguém faria isso se ainda tem alguma pretensão na categoria. Talvez uma garantia de que haverá uma equipe Piquet Sports no ano que vem?

    Em tempo, a última temporada do Nelsinho na GP2 foi a de 2006, não 2007.

  108. Yasmin disse:

    Se existem razões, espero um dia cochece-las. A situação saiu muito pior do que eu imaginava. A melhor coisa que ele deveria ter feito é apagado a Renault da cabeça seguido para outra equipe e mostrado que é melhor do que isso. Crescido. Não vejo motivo suficiente em nenhuma possibilidade imaginável. Só demissão e humilhação não é suficiente para isso.

    Concordo em amplas letras com tudo que disse acima.

  109. Bruno Zanette disse:

    Excelente análise, Ivan! Também penso haver muito mais podres nessa história, que ainda fede, e fede muito! Como vc disse, ninguém é santo na F1, e o Nelsinho, que se dizia tão esperto em relação ao circo, agora quer se fazer de vítima, denunciando só pelo fato de ter sido demitido? Faça-me rir, realmente tem algo a mais nisso tudo!

    Abraço!

  110. ELF_TL72 disse:

    Segundo alguns sites, Barrichello disse que se Nelsinho fez isso mesmo, não deveria estar na F1. Concordo com Rubinho. Se o Nelsinho obedeceu ordens da equipe e participou de uma armação para ajudar o companheiro a conseguir uma vitória, ele não merece mesmo estar na F1.

  111. Daniel Gomes disse:

    Acredito tb que haja a mão pesada do Nelsão nessa história e “unfinished business”.

    Vamos saber mais pra frente, mas todo mundo sabe que Piquet Sr. avisou da bomba e o próprio Nelsinho via Twitter.

    Agora é esperar o Titanic afundar e estudar o iceberg, que, como vc afirmou, só conhecemos a ponta.

  112. Dutch disse:

    O sistema é bruto!Falou e disse!

  113. Capelli disse:

    A delação de Nelsinho: uma história muito mal contada. http://bit.ly/AHvAg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>